2004 entre os anos mais quentes desde um século

2004 foi o quarto ano mais quente desde o início das gravações no século XIX. James Hansen, do Instituto Goddard de Estudos Espaciais da NASA, e seus colegas compilaram dados de estações meteorológicas terrestres e medições de satélite da temperatura da superfície do oceano.

Com 0,48 grau Celsius mais em relação ao período 1951-1980, o 2004 temperatura média global é apenas a segunda aqueles de 1998, 2002 e 2003, confirmando uma tendência de abrandamento observada ao longo dos últimos trinta anos. Para os pesquisadores, esse aumento
não se origina apenas de causas naturais, como o fenômeno climático El Niño ou erupções vulcânicas, susceptíveis de perturbar o clima por alguns anos (em
Geralmente, as flutuações de ano para ano são maiores do que a variação de longo prazo, mas isso não diminui o valor do último). A tendência viria em parte não
atividades humanas insignificantes (incluindo a queima de combustíveis fósseis, que gera gases de efeito estufa).

Leia também:  10 anos para salvar o clima?

É claro que existem flutuações em nível regional. No Alasca e nas regiões da Europa e do Mar Cáspio, as temperaturas médias anuais foram particularmente altas em 2004, ao contrário dos Estados Unidos. De acordo com as projeções de James Hansen,
2005 também pode quebrar recordes. Cálculos estabelecidos há muito tempo por sua equipe e outros sugerem que a Terra está atualmente absorvendo muito mais energia solar do que reflete, embora as consequências possam ser mascaradas por flutuações naturais.

NYT 10 / 02 / 05 (2004 foi o quarto ano mais quente já registrado)
http://www.nytimes.com/2005/02/10/science/10warm.html
http://www.giss.nasa.gov/data/update/gistemp/2004/
http://www.nasa.gov
http://www.giss.nasa.gov/research/news/20050208/
http://www.iht.com/articles/2005/02/10/news/warming.html

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *