2006: um dos anos mais quentes da história da meteorologia moderna!

2006 apenas confirma o aquecimento global do planeta.

Mais de 45 graus em 1 ° de janeiro em Sydney, 60 km000 a menos de gelo marinho no Ártico: o relatório de 2 da Organização Meteorológica Mundial confirma o aquecimento global.


O ano de 2006 é “para o planeta, o 6º ano mais quente, o 4º para o hemisfério norte e o 2º para a França” declarou o Secretário Geral da OMM, Michel Jarraud. E para 2007, especialmente por causa do fenômeno El Niño no Pacífico, são esperadas temperaturas ainda mais altas.

Conseqüências: tempestades tropicais, inundações, secas, especialmente na África e aumento do nível do mar.

Grande fonte de preocupação: neste inverno, o fenômeno parece global e não regional.

Este fenômeno não está, portanto, ligado à poluição local, ilhas urbanas ou ao rompimento da Corrente do Golfo (cuja energia térmica é aproximadamente equivalente a 1 milhão de reatores nucleares, etc.).

Fonte: WMO et Aquecimento na Austrália

Leia também:  Press Release: geopolítica do petróleo 1939-2005

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *