TurboSteamer: o sistema de recuperação de calor da BMW

É sabido que apenas um terço da energia fornecida pela gasolina é usada, grande parte dela sendo perdida pelo calor liberado. Melhor controle desse calor, é aumentar a potência e diminuir o consumo, ou seja, se o assunto é sensível em todos os fabricantes de automóveis.

Com base no princípio do motor a vapor, a BMW desenvolveu uma tecnologia chamada "TurboSteamer" para reciclar esse calor em energia. Resultados promissores teriam revelado um aumento na potência do 13ch e 20Nm, enquanto o consumo cai 15% em um cilindro 4 1.8l montado em um banco.

O princípio é muito complexo, mas pode ser resumido esquematicamente da seguinte forma: um tanque de água é aquecido pela linha de escape até 550 ° e o vapor sob pressão assim obtido é descarregado em um vaso de expansão específico e será usado para aumentar a pressão nos cilindros, no espírito de um compressor. Dessa forma, mais de 80% da energia térmica contida nos gases de escape pode ser recuperada.

Leia também: O mundo em conflito

No entanto, essa tecnologia só pode ser aplicada a motores a gasolina, uma vez que os motores a diesel não fornecem calor suficiente para serem suficientemente eficientes.

O Turbosteamer é o primeiro resultado provisório após cinco anos de intenso trabalho de pesquisa. O desenvolvimento posterior do conceito deve agora se concentrar principalmente na redução e simplificação dos diferentes componentes. O objetivo a longo prazo do projeto de pesquisa é torná-lo um sistema em série, um objetivo que a BMW acredita ser possível nos próximos dez anos.

Fonte: Caradisiac

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *