agricultura globalizada: o modelo é ao fim, Olivier de Schutter

Extrato (conclusão) de uma entrevista publicada hoje no mundo, em leia aqui sobre o direito à alimentação em todo o mundo. Por Olivier de Schutter (sucessor de Jean Ziegler).

Saiba mais e debata

Eu acreditava na onipotência do estado, hoje acredito na onipotência da democracia. Não acho mais que devemos esperar passivamente que os governos ajam por conta própria. Os bloqueios são muito numerosos; as pressões sobre eles, que são reais demais; e os atores que estão no caminho da mudança, que são poderosos demais.

Penso que a transformação dos sistemas alimentares ocorrerá a partir de iniciativas locais. Onde quer que eu vá no mundo, vejo cidadãos cansados ​​de serem considerados consumidores ou eleitores e querem ser verdadeiros agentes de mudança, procurando inventar maneiras mais responsáveis ​​de produzir e consumir.

Minha mensagem final para os governos é a necessidade de democratizar os sistemas alimentares. Isso significa que eles precisam admitir que não têm todas as soluções e que os cidadãos devem ter muito espaço na tomada de decisões. Hoje acredito mais em uma transição imposta por iniciativas de baixo do que por regulamentos impostos de cima.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *