A China economizará mais energia.

Na atual economia chinesa, o crescimento do consumo de energia continua superior ao do PIB. Nesse sentido, o governo chinês decidiu tomar medidas para economizar mais energia.

Um funcionário da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma disse em 25 de julho em Pequim que os setores industriais que consomem muita energia ocupam grande parte do tecido industrial; seus equipamentos também são desprovidos de técnicas avançadas, que consomem menos energia. Todos esses são fatores que causaram níveis muito altos de consumo de energia por unidade do PIB em algumas regiões chinesas, especialmente no oeste. Disse que as autoridades, no seu conjunto, devem promover a emergência de um tecido industrial que, globalmente, consuma pouca energia, nomeadamente eliminando empresas altamente poluentes e excessivamente intensivas em energia. Trata-se também de aprofundar as técnicas de economia de energia, garantindo controles rígidos na implementação de novos programas que consomem muita energia, aprimorando as regulamentações e agilizando as operações. industrial, a fim de proteger o meio ambiente.

Leia também:  Chalon-sur-Saône, melhor que Kyoto

A escassez de energia se tornou um ponto fraco no desenvolvimento econômico e social da China. Ao mesmo tempo, a eficiência energética permanece relativamente baixa. O governo chinês estabeleceu a meta de reduzir o consumo de energia por unidade do PIB em 20% até 2010.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *