Queimando plantas de energia é de palha

Dentro do programa de investigação prioritária em usinas
combustível à base de palha, a agência especializada em
primeiras energias renováveis ​​(FNR - Fachagentur fur Nachwachsende Rohstoffe eV)
apresentou seus primeiros projetos de pesquisa em ganhos de energia
alcançáveis ​​a partir de grãos e palha sob instalações
pequena e média potência (até 1 MW).
Cereais, palha e outras plantas de energia representam mais
metade do potencial bioenergético da Alemanha. Para produção
calor baseado em combustíveis sólidos, ainda é madeira
qual é preponderante; o uso de plantas energéticas ainda apresenta
obstáculos técnicos e de autorização consideráveis.
O FNR, portanto, a proposta do Ministério da Defesa do Consumidor, apresentou
nove projetos que devem inspirar uma simplificação dos procedimentos
autorização para pequenas instalações de aquecimento com base em
cereais.
Cinco projetos dizem respeito aos processos de combustão e emissões de
combustíveis a partir de palha. E quatro parceiros industriais
institutos de pesquisa participarão do projeto: o instituto de engenharia de
métodos e tecnologias das plantas centrais da Universidade de Stuttgart
(IVD), o Fraunhofer Wood Research Institute of Brunswick (WKI),
Escola Técnica Superior de Bingen e Universidade Técnica de Hamburgo
(TU).
Outros projetos incluem o comportamento de longo prazo dos pequenos
sistemas de aquecimento já presentes no mercado para confirmar
sua aprovação mercado. longa duração dos testes será em Menes
quatro estabelecimentos: na Escola Técnica Superior de Colônia, no
Deula de Schleswig Holstein, o centro de pesquisa e consultoria para
sistemas de energia e máquinas em Merseburg (FBZ), e no
da Agricultura da Turíngia (TLL) de Dornburg, que também é coordenador
o projeto.
Os resultados dos projetos, que são esperados em no máximo dois anos,
deve ser a base para uma simplificação considerável da lei
autorização de pequenas instalações de aquecimento à base de cereais, e
e abrir a porta a uma maior utilização de plantas
ENERGIA.

Leia também:  Eletricidade: retorno do investimento e economia de uma lâmpada fluorescente compacta

Contatos:
- Dr. Torsten Gabriel - tel: +49 (0) 3843 6930 117, fax: +49 (0) 3843 6930
102 - E-Mail: info@fnr.dewww.fnr.de
- http://www.bio-energie.de
Fontes: Depeche IDW, Comunicado de imprensa da FNR, 19 / 10 / 2004
Editor: Nicolas Condette, nicolas.condette@diplomatie.gouv.fr

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *