descoberta inocente

A luz do futuro não estará nas lâmpadas ...

Esta é a conclusão que se pode tirar desta informação: http://msnbc.msn.com/id/9777070/

Uma descoberta acidental do estudante Michael Bowers da Universidade de Vanderbilt que poderia permitir a criação de LEDs de luz branca usando cristais de alguns nanômetros que contêm cerca de 33 pares de átomos.

Normalmente, quando esses cristais são excitados com elétrons ou luz, eles produzem luz colorida. Nosso aluno ficou surpreso ao obter uma bela luz branca em vez de azul usando um laser.

O interesse desta descoberta é que obtemos o dobro de luz, por uma duração 2 vezes maior (mais de 50 horas), do que com uma lâmpada padrão de 50 Watts e esta, sem produzir calor.

Outro ponto interessante desta invenção é a facilidade de uso desses cristais que podem ser inseridos em tintas ou outros meios e ativados por excitação elétrica.

Leia também:  A Semana do Desenvolvimento Sustentável

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *