Energia hidrelétrica subutilizada nos Estados Unidos

De acordo com o Laboratório Nacional de Engenharia e Meio Ambiente de Idaho (INEEL), os Estados Unidos ficariam em quarto lugar no ranking de países com recursos hidrelétricos inexplorados. Como parte de um projeto financiado pelo Departamento de Energia, os cientistas do INEEL mapearam todos esses recursos nos Estados Unidos. O objetivo é promover, ao invés de grandes barragens, muitas vezes prejudiciais ao meio ambiente, a instalação de pequenos geradores de menos de um megawatt em rios menores. Se excluirmos os rios que correm em áreas naturais protegidas, quase 170 megawatts poderiam ser produzidos dessa forma, o dobro do que atualmente. Na verdade, o principal obstáculo ao desenvolvimento da energia hidrelétrica continua sendo seu custo. Demora cerca de cinquenta anos para tornar rentável um investimento nesta área, uma desvantagem que apenas
incentivos fiscais podem compensar. Na década de 1980, a implantação de uma política desse tipo possibilitou impulsionar a instalação de micro-usinas, mas o fim do sistema no início da década de 1990 interrompeu esse crescimento. Hoje, 7% das necessidades de energia dos EUA são atendidas por hidrelétricas, 85% das quais vêm de barragens.

Leia também:  Fundos desbloqueados para incentivar a energia das marés

BG 18 / 10 / 04 (Cientista prevê hidroenergia de pequena escala)

Leia o artigo completo

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *