Forte aumento de cancros entre os jovens europeus desde 30 anos

A incidência de câncer aumentou acentuadamente por 30 anos entre os jovens europeus. A taxa de crescimento é de 1% ao ano para crianças e 1,5% para adolescentes. O estudo da Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (Lyon), que “The Lancet” acaba de publicar, usou dados de 63 registros pediátricos em 19 países europeus de 1970 a 2001. São 113.000 casos de tumores em crianças e 18.243 em adolescentes. Nesse período, a taxa de cura aumentou drasticamente: na década de 70, menos de uma em cada duas crianças estava viva após cinco anos; a proporção é agora de três em cada quatro filhos. Fatores ambientais podem estar envolvidos, mas outras explicações complementares às vezes são apresentadas. Os autores do estudo têm o cuidado de não resolver a questão das causas desse desenvolvimento. O desastre de Chernobyl poderia explicar grande parte do aumento do câncer na Europa Oriental, mas por si só não é suficiente para entender esse desenvolvimento. Para ler o estudo no site “Lancet” (em inglês, é necessário registro gratuito), cliquer ici.

Leia também:  Injeção de água no ArgusAuto

Antoine Blouet

Fonte: www.environ2b.com

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *