Agricultura: problemas e poluição, novas técnicas e soluçõesLe Potager du Preguiça: Jardinagem, sem fadiga mais de Bio

Agricultura e do solo. controle de poluição, recuperação do solo, húmus e novas técnicas agrícolas.
Avatar de l'utilisateur
Julienmos
Eu postei mensagens 500!
Eu postei mensagens 500!
mensagens: 715
Inscrição: 02/07/16, 22:18
Localização: água Rainha
x 155

Re: The Kitchen Garden Preguiça: Jardinagem, sem fadiga mais de Bio

não lu mensagempela Julienmos » 10/01/19, 20:49

OK, mas o que eu não fiz porco foi a "morte 27 anos" ??? por que 27?

(Eu apenas pesquisei e encontrei "o clube 27" ... artistas, roqueiros ... mortos (overdose?) Na idade de 27 anos ... é isso?

quando as fezes, elas não são mais "frescas", com a precipitação elas provavelmente perderam parte de seu poder fertilizante.
0 x

Moindreffor
Grande Econologue
Grande Econologue
mensagens: 1482
Inscrição: 27/05/17, 22:20
Localização: limite entre North e Aisne
x 290

Re: The Kitchen Garden Preguiça: Jardinagem, sem fadiga mais de Bio

não lu mensagempela Moindreffor » 10/01/19, 21:20

Did67 escreveu:
Janic escreveu:que bela expressão poética ...


Sob o caráter rude que às vezes sou, talvez esconda um ... poeta ??? Ou um squeaker squeaker?

até um Prout-Prout : Mrgreen:
0 x
"Aqueles com os maiores ouvidos não são os que ouvem o melhor"
(de mim)
Avatar de l'utilisateur
Did67
mediador
mediador
mensagens: 13605
Inscrição: 20/01/08, 16:34
Localização: Alsácia
x 4627

Re: The Kitchen Garden Preguiça: Jardinagem, sem fadiga mais de Bio

não lu mensagempela Did67 » 10/01/19, 21:27

Julienmos escreveu:
(Eu apenas pesquisei e encontrei "o clube 27" ... artistas, roqueiros ... mortos (overdose?) Na idade de 27 anos ... é isso?



É isso. Uma besta do jogo de palavras!

Dos quais os melhores: Janis Joplin, Jimy Hendrix, Amy Winehouse ...
0 x
Avatar de l'utilisateur
ser chauffin
Eu postei mensagens 500!
Eu postei mensagens 500!
mensagens: 559
Inscrição: 20/05/18, 23:11
Localização: Gironde
x 28

Re: The Kitchen Garden Preguiça: Jardinagem, sem fadiga mais de Bio

não lu mensagempela ser chauffin » 11/01/19, 00:42

Moindreffor escreveu:
Did67 escreveu:Eu acho que há um tempo em que existem apenas duas soluções:
- Acredito em um ponto que é tudo
A maioria da humanidade acredita, afinal, na existência de um deus; para mim, uma estupidez, uma resposta muito ruim (especialmente quando leva aonde às vezes leva!) a uma pergunta muito boa: de onde viemos? (para a qual não tenho uma resposta, mas prefiro roubar uma não-resposta agonizante do que uma resposta anestésica falsa - e eu sou educado)
- não acredite
Procurando por "evidências científicas" para acreditar que minha sempre parecia ser a negação de acreditar - e outro sinal de fraqueza humana. Ele quer acreditar, mas finalmente duvida. Então ele gostaria de "provas"! Felizmente, muitos gurus, surfando em sua ignorância, fornecem-lhe um jargão pseudocientífico, com falsas provas. E aqui ele está mergulhando! Então, assim que há uma "prova", eu sou mais suspeito! Enguia sob rocha!
Como você terá entendido, sobre um assunto tão sensível e pessoal, tudo isso é apenas minha convicção. A afirmação de uma "ideia".
extrair de "La Philo"
No Discurso do Método, Descartes opera uma separação entre a vida prática, o domínio da ação e a ciência, o reino da verdade.
Na vida prática, a resolução deve ser a palavra de ordem. Descartes dá o exemplo do homem perdido em uma floresta: se ele não resolve andar ereto, mas pelo contrário hesita e constantemente retorna em seus passos, é improvável que encontre o caminho. A vida prática está contente com a provável, a provável, uma verdade invertida. Devemos agir sob pena de paralisia. A filosofia moral de Descartes está satisfeita com o aproximado, o importante é a ação, não importa o método.
Na ciência, porque é a busca da verdade, o homem deve atingir verdades absolutas. Essas verdades só podem ser encontradas usando um método. Descartes propõe rejeitar tudo o que ele acredita ser verdade, para verificar se algo é resistente à dúvida.

Bem, você me leva ao céu idéias, você quer levantar o debate é isso? Por que não, afinal o jardim pode levar a tudo!
Eu concordo totalmente que existem apenas soluções 2, mas o homem quer acreditar como você diz, caso contrário ele é como o homem angustiado e perdido na floresta. Então eu também escolhi, e como um amigo diz, depois de pensar bem, acredito que Deus não existe. Eu não reivindico como alguns, Descartes por exemplo, ter a capacidade de provar a existência (ou não-existência) de Deus! Nem estou me perguntando se há ou não, para duvidar, não acreditar ... Estou convencido de que não existe e até mesmo que seus crentes passam por eles. eles mesmos, até a própria vida! Acrescentarei que acreditar na ciência como um novo ideal da Verdade não me parece preferível, talvez seja um agravamento do fenômeno, em qualquer caso, de modo algum uma oposição ao fenômeno.

Mas nós deixamos um pouco alto demais e para olhar para a terra, no que diz respeito à influência da lua sobre a vida de nossos jardins Eu preferiria aqui paradoxalmente quase a posição do agnóstico ... J Eu segui 2 ou 3 no calendário lunar quando pude e não estava com pressa por outras emergências, já que os anos 1 ou 2 eu não estou mais no calendário lunar. Mas o meu lado um tanto materialista me faz dizer que uma vez que tudo é composto de átomos, há uma influência cosmológica ... Quanto nossa lua-satélite desempenha nesses seres vivos em poder tão especial que são as sementes? Talvez pouco, provavelmente pouco, mas eu não estou pronto para calcular o número de zeros após a vírgula (se tiver algum utilitário), então aqui prefiro suspender meu julgamento ...
0 x
Avatar de l'utilisateur
izentrop
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 3658
Inscrição: 17/03/14, 23:42
Localização: picardie
x 234
contato:

Re: The Kitchen Garden Preguiça: Jardinagem, sem fadiga mais de Bio

não lu mensagempela izentrop » 11/01/19, 06:06

to be chafoin escreveu:
Moindreffor escreveu:
Did67 escreveu:Mas 22 cm parece-me muito, sabendo que se a terra estivesse uniformemente coberta de água, as marés seriam cerca de 50 cm. Mas coringa.
[editar: seria justo, de acordo com o documento citado cujo autor parece conhecer o assunto; Eu sempre suspeito de tudo o que está fofocando na net!]
das minhas memórias também da faculdade, eu fiquei em cerca de trinta centímetros, por isso não me chocou : Mrgreen:, a precisão deve vir dos novos meios de observações e medições feitas pelos satélites

sim a fluidez do copo, deve pendurar, como as soluções sólidas : Mrgreen:
Se a deformação é tão importante, é razoável pensar que há um efeito sobre a germinação das sementes.
O sol também contribui para 10 cm, então o 3 alinhado : Mrgreen:
Para as marés, muitos outros parâmetros entram em jogo
ImagemO intervalo das marés é indicado pelas cores. As linhas brancas são as linhas dos cotidales (linhas conectando pontos para os quais as fases da maré são síncronas). Os pontos em que a amplitude é zero e onde as linhas de cotid se encontram são denominados pontos anfidromicos.
Podemos ver que a costa francesa no lado do Atlântico é favorecida em termos de amplitude das marés.

E além da diferença de massa que já mencionei:
Deformação é tão importante? para a concha 1 / 2.5 milhões : Shock:
0 x
"Os detalhes fazem a perfeição e perfeição não é um detalhe" Leonardo da Vinci

Moindreffor
Grande Econologue
Grande Econologue
mensagens: 1482
Inscrição: 27/05/17, 22:20
Localização: limite entre North e Aisne
x 290

Re: The Kitchen Garden Preguiça: Jardinagem, sem fadiga mais de Bio

não lu mensagempela Moindreffor » 11/01/19, 09:06

to be chafoin escreveu:Acrescentarei que acreditar na ciência como um novo ideal da Verdade não me parece preferível, talvez seja um agravamento do fenômeno, em qualquer caso, de modo algum uma oposição ao fenômeno.

É o adversário da ciência que a apresenta assim, nenhum cientista acredita na ciência, ele a pratica e demonstra pela prova, o fato científico
para o novo ideal de verdade são as pseudo-ciências e o sobrenatural, onde, sim, abstraímos da prova, mantemos apenas a coincidência das observações para se tornar lei

O homem é preguiçoso, o sucesso do livro de Didier é a prova, então ele está constantemente procurando por soluções para facilitar sua vida, então de tudo isso irá melhorar sua vida sem fornecer o mínimo de trabalho, por isso, se semear o alho-porro no dia de São José garante uma boa colheita, não custa nada e pode pagar caro

depois de um ditado perseguir o outro, se chover em São Medard, temos para 40j chuva, A LES St Barnabas não corta a grama debaixo do pé dele

e assim pirueta de pirueta, todos nós podemos explicar sucesso como fracasso
1 x
"Aqueles com os maiores ouvidos não são os que ouvem o melhor"
(de mim)
Avatar de l'utilisateur
Did67
mediador
mediador
mensagens: 13605
Inscrição: 20/01/08, 16:34
Localização: Alsácia
x 4627

Re: The Kitchen Garden Preguiça: Jardinagem, sem fadiga mais de Bio

não lu mensagempela Did67 » 11/01/19, 10:15

to be chafoin escreveu:[
Bem, você me leva ao céu idéias, você quer levantar o debate é isso? Por que não, afinal o jardim pode levar a tudo!


O jardim do descanso DEVE levar a menos agitação, maior serenidade e, portanto, um debate elevado! No meu livro, há uma frase muito pequena que implica que também é um conceito com uma conotação filosófica !!!
0 x
Avatar de l'utilisateur
Did67
mediador
mediador
mensagens: 13605
Inscrição: 20/01/08, 16:34
Localização: Alsácia
x 4627

Re: The Kitchen Garden Preguiça: Jardinagem, sem fadiga mais de Bio

não lu mensagempela Did67 » 11/01/19, 10:19

Moindreffor escreveu:É o adversário da ciência que a apresenta assim, nenhum cientista acredita na ciência, ele a pratica e demonstra pela prova, o fato científico


Eu ficaria com mais nuances. Parece-me que intoxicado pela evidência disso ou daquilo, alguns rapidamente perderam de vista os limites da ciência e mergulharam no cientificismo - até na pseudo-ciência. Um Allegre desafiando o aquecimento global é um exemplo que vem à minha mente. Mais genericamente, a discussão é difícil com muitos cientistas, implicitamente convencidos de que eles são os proponentes das verdades absolutas, esquecendo que, após o domínio da definição de sua "descoberta", permanece uma selva inexplicada, "por que ?".
0 x
Avatar de l'utilisateur
izentrop
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 3658
Inscrição: 17/03/14, 23:42
Localização: picardie
x 234
contato:

Re: The Kitchen Garden Preguiça: Jardinagem, sem fadiga mais de Bio

não lu mensagempela izentrop » 11/01/19, 10:39

Did67, aqueles de quem você fala perderam o espírito científico e alguns são bons cientistas e maus extensionistas. Alguns são o 2, nada impede o outro. Eu me entendo : Wink:
1 x
"Os detalhes fazem a perfeição e perfeição não é um detalhe" Leonardo da Vinci
Avatar de l'utilisateur
Did67
mediador
mediador
mensagens: 13605
Inscrição: 20/01/08, 16:34
Localização: Alsácia
x 4627

Re: The Kitchen Garden Preguiça: Jardinagem, sem fadiga mais de Bio

não lu mensagempela Did67 » 11/01/19, 13:20

Certamente!

mas:

1) Ele sempre se apresenta como cientistas. O "show off" geralmente anda de mãos dadas com essa falta de rigor. A partir daí, eles costumam ocupar muito espaço ...

2) O público não sabe disso. Quem se atreveria a tratar um personagem tão famoso de "grandes trapaceiros" (um prêmio Nobel, por que não - há alguns, nos Estados Unidos, que defenderam a hereditariedade da inteligência e até venderam seu esperma - muito caro, é claro; eles permaneceram no Prêmio Nobel) ???
0 x




  • tópicos similares
    Respostas
    Visualizações
    mensagem dernier

Voltar para "Agricultura: problemas e poluição, novas técnicas e soluções"

Quem está online?

Usuários navegando neste forum : Não há usuários registrados e convidados 3