Alterações climáticas: CO2, aquecimento, estufa ...As análises sobre o aquecimento global antropogênico

Aquecimento e Mudanças Climáticas: causas, consequências, análise de ... Debate sobre CO2 e outros gases de efeito estufa.
eclectron
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 1963
Inscrição: 21/06/16, 15:22
x 209

Re: Análise do aquecimento global antropogênico

pela eclectron » 25/10/16, 16:22

Voltando ao assunto original:

aquecimento antropogênico:
https://www.youtube.com/watch?v=UBW2xHIMc38

menos aquecimento antropogênico?
https://www.youtube.com/watch?v=y3MYKWEPnus
Foi, portanto, neste vídeo que capturei que Thatcher havia influenciado o debate que nos anima.

boa visualização.
0 x

Terremoto
Eu entendo econológico
Eu entendo econológico
mensagens: 78
Inscrição: 17/10/16, 14:53
x 12

Re: Análise do aquecimento global antropogênico

pela Terremoto » 26/10/16, 09:21

Nossa, acabei de digitar os vídeos de Hubert Reeves, depois "Aquecimento global: mentimos para você", e na esteira, já que me foi proposto, "Courtillot: Não há mais aquecimento".

Bem, lá estou sem palavras, burro no chão, mas tomei notas, então volto para você com tudo isso.

É realmente muito instrutivo ...

Hubert Reeves está sozinho e diz que há aquecimento, que é culpa do CO2 antropogênico, vamos seguir em frente, conhecemos a música.

"Aquecimento global: mentimos para você" oferece outro elenco, não um Oscar, mas, na ordem de "indicação":

- Na abertura, Sir John Mason (falecido em 2015 aos 81 anos), especialista em física das nuvens, em memoriam ... No vídeo, ele nos diz que “essa experiência é muito mal projetada [que experiência? Não podemos mais perguntar a ele] e não nos diz nada sobre o que está acontecendo na atmosfera ... ”; como não sabemos do que ele está falando ou por que ele diz isso, vamos seguir em frente…

- Seguido por um orador não identificado, mas saberemos mais tarde que é Enrik Svensmark (que será tratado durante sua "consulta", se chegarmos lá);

- Tim Ball (82 anos); geógrafo canadense aposentado; que declarou em 2012 (6 anos após sua aposentadoria) que o CO2 não é um gás de efeito estufa (https://en.wikipedia.org/wiki/Timothy_Ball); pelo bem da nossa saúde mental, vamos seguir em frente ...

- Nir Shaviv (44 anos) é um físico e astrofísico "jovem" que estava interessado na influência do cosmos no clima e divulgou as influências dos ciclos cósmicos nos ciclos de glaciação (e, portanto, deglaciação) em centenas de milhares ou até milhões de anos (https://en.wikipedia.org/wiki/Nir_Shaviv); muito interessante, mas nos últimos 150 anos, vamos seguir em frente…

- Ian Clark, professor de ciências da terra na Universidade de Ottawa (capital do Canadá), geoquímico de águas subterrâneas (águas subterrâneas) com links para o (s) clima (s) (https://science.uottawa.ca/earth/people/clark-ian) que afirma que "se analisarmos o clima em escala geológica, nunca daremos ao CO2 uma influência tão importante". A influência antrópica no aumento do CO2 atmosférico nos últimos 150 anos sendo demonstrada (por A + B e aceita pelos eminentes membros da econologia que participam desse segmento) ... esquecemos? Bem, de acordo com suas crenças, escolha! Eu passo ...

- Piers Corbyn, 69 anos, proprietário da Weatheraction, uma empresa que fornece previsões do tempo (ele abraçou essa vocação aos 5 anos de idade !!; https://en.wikipedia.org/wiki/Piers_Corbyn); e ele afirma no vídeo que "nenhuma mudança climática importante no último milênio [pode ser explicada pelo CO2" ...; podemos passar, pois é demonstrado?

Ufa, bem, acredite ou não, mas aqui estou começando a me cansar ... Tenho anotações e posso continuar, há muitas que se seguem, mas lá farei outra coisa ...

Mas minhas anotações estão no meu caderno, então, se você realmente quiser, posso continuar a qualquer momento e continuar no vídeo de Courtillot.

Espere, Courtillo (t) ou (d), isso me lembra uma leitura antiga, na qual propusemos dois lugares de palhaços no circo Hipparque ... (ah, era um livro quase científico de 1954, quase fictício; felizmente, contestou essas estupidez desde ... http://www.topito.com/top-preuves-lune-mytho-complot-reptilien-armstrong-aldrin) Courtillot, ele não teria um irmão quase gêmeo?

Atenciosamente!
1 x
A palavra-chave da nossa sobrevivência, a vida é assim, porque nós não comemos seixos, e depois matá-los com respeito e discernimento!
Avatar de l'utilisateur
izentrop
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 6587
Inscrição: 17/03/14, 23:42
Localização: picardie
x 521
contato:

Re: Análise do aquecimento global antropogênico

pela izentrop » 26/10/16, 11:06

Obrigado Terremoto por essa descriptografia. Sendo zero em inglês, eu não poderia ter feito isso.
Assim como em Arte, ele também espalhou bobagens.
0 x
“Detalhes fazem perfeição e perfeição não é detalhe” Leonardo da Vinci
eclectron
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 1963
Inscrição: 21/06/16, 15:22
x 209

Re: Análise do aquecimento global antropogênico

pela eclectron » 26/10/16, 11:18

izentrop escreveu:Obrigado Terremoto por essa descriptografia. Sendo zero em inglês, eu não poderia ter feito isso.
Assim como em Arte, ele também espalhou bobagens.


De fato, é um pouco mais complicado que isso, o clima é uma ciência emergente.
não existe consenso, mesmo que exista uma corrente majoritária que afirme ser consensual, a do aquecimento antropogênico.

Só porque um sujeito citado em um documentário e até vários são sulfurosos não significa que tudo o que foi dito no documentário seja sulfuroso. Pode haver apenas uma pepita de verdade no documentário, é essa pepita que deve ser extraída e mantida.

A dificuldade é discernir o verdadeiro do falso e sintetizar.
0 x
eclectron
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 1963
Inscrição: 21/06/16, 15:22
x 209

Re: Análise do aquecimento global antropogênico

pela eclectron » 26/10/16, 16:16

izentrop escreveu:Obrigado Terremoto por essa descriptografia. Sendo zero em inglês, eu não poderia ter feito isso.
Assim como em Arte, ele também espalhou bobagens.


Os comentários de Jancovici sobre o trabalho de Svensmark sobre a cobertura de nuvens e a relação com os raios cósmicos modulados pelo campo magnético solar, extraídos de:http://www.manicore.com/documentation/serre/ouvrages/climat_panique.html

4 - Lenoir explica que variações climáticas recentes podem ser explicadas como resultado de variações na atividade solar, que condicionam a cobertura de nuvens. Ele cita (página 123) o trabalho de uma equipe de pesquisadores dinamarqueses (Svensmark e Friis-Christensen) que também foi, na época, citado em Arte (e contribuiu muito para semear confusão nas mentes). De acordo com Lenoir, o mecanismo é o seguinte (de fato, adicionei as explicações que estão faltando, porque Lenoir está longe de expor algo assim):
variações na atividade solar causam uma variação no campo magnético solar (isso está correto),
o campo magnético solar ainda exerce uma influência significativa nas proximidades da Terra (exata),
o último também é permanentemente bombardeado por radiação composta de partículas carregadas de energia muito alta do espaço, chamada radiação cósmica (exata),
essa radiação cósmica transmuta gases na atmosfera superior e os transforma em elementos sólidos que, em referência à sua origem, são considerados cosmogênicos (exatamente, é assim que o isótopo 10 do berílio, cuja concentração na sorvete polar é usado para restaurar a luz do sol),
as variações do campo magnético solar influenciam a trajetória dessa radiação cósmica nas proximidades da Terra (qualquer campo magnético influencia a trajetória de uma partícula carregada) e, portanto, sobre a intensidade do bombardeio terrestre e, portanto, sobre a formação de elementos cosmogênicos sólidos (exato),
são necessárias impurezas no ar - os chamados núcleos de condensação - para que as gotas de água que compõem as nuvens se formem (exatas),
as variações na radiação cósmica - ligadas, portanto, às variações da atividade do Sol - variam o número de partículas sólidas no ar e, portanto, o número de núcleos de condensação disponíveis e, portanto, a cobertura de nuvens (é essa parte que é especulativa).
De fato, outros estudos mostram que a correlação entre as duas tendências (cobertura de nuvens e atividade solar) relatada por pesquisadores dinamarqueses é observada em um curto período (15 anos), mas que em ambos os lados não ocorre. Além disso, além disso, os cálculos foram feitos supondo a concordância de dois conjuntos de dados que, na prática, não são coerentes entre eles.
Em um artigo recente (resposta aos comentários sobre "variação no fluxo de raios cósmicos e cobertura global de nuvens - um elo perdido nas relações solar-clima", Svensmark & ​​Friis-Christensen, Journal of Atmospheric and solar-terrestrial physics, 62 (2000), 79-80), que Lenoir tem o cuidado de não citar, os mesmos pesquisadores dinamarqueses escrevem que:
a microfísica das nuvens não é bem conhecida (ver sobre este assunto meu comentário de "Quanto pesa uma nuvem"), e que eles não são capazes de oferecer uma explicação física ligando a formação de elementos cosmogênicos e cobertor nublado,
“é certamente possível que outros fatores influenciem a cobertura de nuvens” (entre aspas),
simplesmente, “ainda não podemos excluir definitivamente um efeito da radiação cósmica nas variações da cobertura de nuvens”.
Mas "não se pode excluir definitivamente" não é equivalente a "existe"!



Se bem entendi, ele precisa de mais (na Janco) para admitir um link de cobertura cósmica de radiação-nuvem e, portanto, clima.
Sim, eu provavelmente sou um cliente melhor, provavelmente por ignorância, o que é muito fácil ... então vamos deixar os especialistas fugir um pouco antes de concluir ...

por outro lado, podemos notar que
microfísica nuvem não é bem conhecida

cada um apreciará em relação aos modelos sintetizados pelo IPCC.
0 x

Terremoto
Eu entendo econológico
Eu entendo econológico
mensagens: 78
Inscrição: 17/10/16, 14:53
x 12

Re: Análise do aquecimento global antropogênico

pela Terremoto » 26/10/16, 18:15

Acho que há uma pitada de masoquismo em:

por eclectron "26 / 10 / 16, 05: 18
...
Só porque um sujeito citado em um documentário e até vários são sulfurosos não significa que tudo o que foi dito no documentário seja sulfuroso. Pode haver apenas uma pepita de verdade no documentário, é essa pepita que deve ser extraída e mantida.
...


Em grande estilo, também poderíamos:
- leia toda a propaganda nazista na esperança de encontrar um tesouro de empatia e humanidade
- acerte todos os nabos do cinema na esperança de encontrar uma sequência incomparavelmente bem filmada e tocada
- autoflagelle o mais rápido possível, na esperança de dar o bom impulso que levará à iluminação
Mas quem iria querer?

Por outro lado, se alguém encontrar alguma pepita na infinidade de vídeos céticos oferecidos neste tópico com pessoas "sensuais", estará fazendo um favor aos outros participantes, destacando-os para que não sejam todos obrigados. Olhar para todos eles, além disso, avançaria nossas análises.
0 x
A palavra-chave da nossa sobrevivência, a vida é assim, porque nós não comemos seixos, e depois matá-los com respeito e discernimento!
eclectron
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 1963
Inscrição: 21/06/16, 15:22
x 209

Re: Análise do aquecimento global antropogênico

pela eclectron » 26/10/16, 19:19

Terremoto escreveu:Acho que há uma pitada de masoquismo em:

por eclectron "26 / 10 / 16, 05: 18
...
Só porque um sujeito citado em um documentário e até vários são sulfurosos não significa que tudo o que foi dito no documentário seja sulfuroso. Pode haver apenas uma pepita de verdade no documentário, é essa pepita que deve ser extraída e mantida.
...


Em grande estilo, também poderíamos:
- leia toda a propaganda nazista na esperança de encontrar um tesouro de empatia e humanidade
- acerte todos os nabos do cinema na esperança de encontrar uma sequência incomparavelmente bem filmada e tocada
- autoflagelle o mais rápido possível, na esperança de dar o bom impulso que levará à iluminação
Mas quem iria querer?

Por outro lado, se alguém encontrar alguma pepita na infinidade de vídeos céticos oferecidos neste tópico com pessoas "sensuais", estará fazendo um favor aos outros participantes, destacando-os para que não sejam todos obrigados. Olhar para todos eles, além disso, avançaria nossas análises.


Eu disse para não responder, já que a partir de sua segunda mensagem forum, você propõe me banir, que imediatamente distorce desonestamente minhas palavras e intenções, a fim de aprimorar seu discurso e tudo isso ainda mais porque você nem mesmo justificou ser ou não ser Obamota na moda vingador:
climate-change-co2 / análise-on-aquecimento-clima-antropogênica-t7605-310.html # p311181
-----------
Se você não é capaz de entender que ninguém detém a verdade e que é necessário procurá-la de todos os lados, em vez de apenas um, nada posso para você.
Até os nazistas o ensinarão sobre o funcionamento de cérebros lógicos, mas perturbados.
Há verdade em toda parte, você deve ser capaz de vê-lo e aceitar vê-lo.
Se você é uma entrada seletiva, você só tem confirmações de sua opinião inicial.
A vida não é bonita!?
0 x
moinsdewatt
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 4657
Inscrição: 28/09/09, 17:35
Localização: Isére
x 476

Re: Análise do aquecimento global antropogênico

pela moinsdewatt » 26/10/16, 21:37

eclectron escreveu:
izentrop escreveu:Obrigado Terremoto por essa descriptografia. Sendo zero em inglês, eu não poderia ter feito isso.
Assim como em Arte, ele também espalhou bobagens.


De fato, é um pouco mais complicado que isso, o clima é uma ciência emergente.
não existe consenso, mesmo que exista uma corrente majoritária que afirme ser consensual, a do aquecimento antropogênico.

Só porque um sujeito citado em um documentário e até vários são sulfurosos não significa que tudo o que foi dito no documentário seja sulfuroso. Pode haver apenas uma pepita de verdade no documentário, é essa pepita que deve ser extraída e mantida.

A dificuldade é discernir o verdadeiro do falso e sintetizar.


Pufe Pufe Pufe.

Consenso entre climatologistas: o aquecimento global é real e a culpa é nossa

Phil Plait 18.05.2013/XNUMX/XNUMX

Um novo estudo analisando quase 12.000 artigos de revistas científicas profissionais sobre aquecimento global acaba de ser publicado. Suas conclusões: entre os artigos científicos que se pronunciaram sobre a questão, 97% concluíram que o aquecimento global é uma realidade e que os seres humanos são responsáveis ​​por isso.

Noventa e sete. Isso se chama consenso, meus amigos.

...............

http://www.slate.fr/life/72657/consensu ... ique-cause

existem pessoas como o elétron que fazem o zumbido oposto:
.......
É porque os céticos climáticos tendem a ser encontrados nas páginas de opinião e na televisão, e não nas revistas científicas, que a opinião pública às vezes é tendenciosa a seu favor; as pessoas pensam que a controvérsia é mais importante do que realmente é. A controvérsia é fabricada; fabricado por pessoas que confiam na ideologia e não em fatos, evidências e ciência. Não é apenas minha opinião; esta afirmação é apoiada por fatos, evidências e ciência.
.......
1 x
eclectron
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 1963
Inscrição: 21/06/16, 15:22
x 209

Re: Análise do aquecimento global antropogênico

pela eclectron » 26/10/16, 23:46

moinsdewatt escreveu:
existem pessoas como o elétron que fazem o zumbido oposto:
.......
É porque os céticos climáticos tendem a ser encontrados nas páginas de opinião e na televisão, e não nas revistas científicas, que a opinião pública às vezes é tendenciosa a seu favor; as pessoas pensam que a controvérsia é mais importante do que realmente é. A controvérsia é fabricada; fabricado por pessoas que confiam na ideologia e não em fatos, evidências e ciência. Não é apenas minha opinião; esta afirmação é apoiada por fatos, evidências e ciência.
.......

Não há pessoas como eclectron, exceto eclectron. : Wink:
Como não sou apegado a nenhuma opinião sobre o clima, ainda estou procurando, mas tenho uma pequena preferência pelo otimismo. Continua...

A idéia não é fazer barulho, a idéia é entender e conhecer a palavra final de forma irrefutável quanto à origem do aquecimento global.

Repita sempre a mesma coisa, que a massa está convencida de que o aquecimento global é antropogênico, eu sabia disso há muito tempo, visto que ainda era eu mesmo, há pouco.
Sem aprofundar os resumos do IPCC, o que é veiculado na mídia parece lógico e atraente em mente, mas admito que os céticos têm argumentos que semeiam dúvidas e que seus argumentos são facilmente apropriados.
Sim, a maioria deles não é climatologista, eu também não, e daí?
Não podemos querer saber mais, ter perguntas relevantes ou não?
Desculpe-nos (desde que me colocaram no grupo dos céticos) por ter perguntas para as quais ninguém responde.
Falta um FAQ para os céticos.
Existem perguntas frequentes, mas é para chamar a atenção de negadores e pessoas de má fé, o que é fácil de combater.
Para observações mais sutis, não há perguntas frequentes e está errado.
Não se canse de me responder aqui, deixo cair esse assunto que leva a nada, vou ter que fazer pesquisas em outro lugar.
cordialement.
0 x
pedrodelavega
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 1650
Inscrição: 09/03/13, 21:02
x 158

Re: Análise do aquecimento global antropogênico

pela pedrodelavega » 27/10/16, 20:55

eclectron escreveu:Não se canse de me responder aqui, deixo cair esse assunto que leva a nada, vou ter que fazer pesquisas em outro lugar.
cordialement.
Amha, você deveria começar por aí: : Arrowd:
eclectron escreveu:Bem, você me lê encaminhamentos para os relatórios do IPCC, o que eu vou acabar fazendo ... se eu entender alguma coisa? :ri muito:
Mil anos! :ri muito:

Acho surpreendente que você tenha sido tão bem informado sobre as poucas controvérsias marginais do RC sem ter aprofundado a tese que faz consenso ...
0 x


 


  • tópicos similares
    Respostas
    Visualizações
    mensagem dernier

Voltar para "Mudanças Climáticas: CO2, aquecimento, efeito estufa ..."

Quem está online?

Usuários navegando neste forum : Não há usuários registrados e convidados 7