Vista da porta do reator sob carga total

Edições e alterações aos motores, experiências, descobertas e idéias.
Avatar de l'utilisateur
Flytox
mediador
mediador
mensagens: 13930
Inscrição: 13/02/07, 22:38
Localização: Bayonne
x 582

pela Flytox » 10/11/07, 20:20

Olá Crispus
Crispus escreveu:Parece-me que você só pode considerar o motor verdadeiramente "quente" quando o termostato abre e deixa o LDR ir para o radiador?


O termostato já está aberto após o 15 Km no meu carro e estamos longe de deixar a mão na mangueira que vai para o radiador. (a jusante do termostato). Ainda não está quente em todos os lugares, incluindo o coletor de admissão.

É um pouco normal, aspira muito ar fresco com o qual esfria e tem uma grande superfície de troca. Por outro lado, aquece principalmente na fixação na cabeça do cilindro ou a superfície está quente (95 °?) Mas a superfície do contato fraco.
O ar ambiente sob o capô não excede (50 °?) Ao dirigir (para temperatura externa 20 °).
A+
0 x
A razão é a loucura do mais forte. A razão para o menos forte é loucura.
[Eugène Ionesco]
http://www.editions-harmattan.fr/index. ... te&no=4132


Voltar a "injecção de água nos motores: a montagem e experimentação"

Quem está online?

Usuários navegando neste forum : Não há usuários registrados e convidados 4