pergunta andre

Edições e alterações aos motores, experiências, descobertas e idéias.
pequeno
Eu aprendo econológico
Eu aprendo econológico
mensagens: 38
Inscrição: 05/10/05, 12:59

pela pequeno » 08/11/05, 05:36

Então, você pensa que um curso a dois tempos com graxa separada pode ser pantonizado, mas não uma mistura a dois tempos diretamente devido ao óleo que seria destruído no reator que parece normal.
mas o que você acha da montagem que o pitmix encontrou na foto, parece-me praticamente que tudo passa pelo reator, tudo deve queimar no motor, mas pode ser mais difícil ajustar esse tipo de edição? (dois carboidratos)
0 x
pequeno

Avatar de l'utilisateur
PITMIX
Pantone pesquisador do motor
Pantone pesquisador do motor
mensagens: 2017
Inscrição: 17/09/05, 10:29
x 12

pela PITMIX » 08/11/05, 07:35

Acho que André significa que o sistema existe apenas na motocicleta ULM e que o uso de um bom óleo é suficiente para o seu motor.
0 x
Andre
Pantone pesquisador do motor
Pantone pesquisador do motor
mensagens: 3787
Inscrição: 17/03/05, 02:35
x 10

pela Andre » 11/11/05, 05:24

Olá
Na premissa de que você defende que tudo passe por esse motor a jusante, todo o ar e combustível no reator,
(caminhar) para um cortador de grama, pela simples razão de que proporcionalmente o reator é grande para este pequeno motor, mas quando chega o caso de um carro, ou é necessário passar 200kg de ar por hora, em um reator a dificilmente maior que o de um cortador de grama, teremos um problema sério para mantê-lo em temperatura.
Embora, se olharmos atentamente, a montagem de Chambrin é exatamente o que ela faz, tudo entra no reator de tubos, nos custos de recuperação de calor deve estar no máximo e duvido que o que sai do reator bem acima do 100c, já é difícil manter a temperatura do reator passando uma pequena porção de ar no reator, com algumas gotas de água ...
Não, é muito mais fácil ajustar, pois usamos o carburador original, com sua borboleta e controle.
André
0 x
pequeno
Eu aprendo econológico
Eu aprendo econológico
mensagens: 38
Inscrição: 05/10/05, 12:59

pela pequeno » 14/11/05, 13:08

Olá Andrew, me deparei com um forum Na semana passada, onde você explicou a fabricação de um venturi, não posso recorrer a ele, se puder me orientar, desde já, obrigado. :?
0 x
pequeno
pequeno
Eu aprendo econológico
Eu aprendo econológico
mensagens: 38
Inscrição: 05/10/05, 12:59

pela pequeno » 14/11/05, 13:30

Muitas desculpas a André, mas eu achei o que estava procurando. : Wink:
0 x
pequeno

titus02
Eu entendo econológico
Eu entendo econológico
mensagens: 50
Inscrição: 18/10/05, 18:56
Localização: Aisne

pela titus02 » 04/12/05, 21:17

bem-vindo

Eu já tive a oportunidade de fazer a pergunta, mas, além do problema
misturando em um tempo 2, há um problema de temperatura
Escape.
Um tempo 2 aquece tanto quanto um tempo 4, mas na forma de
o escape (formato cone-cone) e seu volume
o calor é mais "diluído", mais difícil de recuperar
aumentar a temperatura de pentona.
Além disso, mudar a forma do pote de um tempo 2 pode não ser claro
(Sua forma é estudada para criar uma contrapressão que vem
"bata" na luz de escape e evite um "vazamento" da mistura antes do levantamento do pistão, mesmo se houver sistemas de escape variáveis ​​baseados em válvulas (inhame) ou câmaras adjacentes (honda)).

em resumo: mude o eco de um tempo 4 = sem (também) problemas,
modificar a forma e o volume de um eco de tempo 2 = galères
possível (para não mencionar o aumento da temperatura da pentona)

André você tentou mudar um horário 2? o que você acha do problema de fuga?
0 x
Eu prefiro um con andar três intelectuais que sentam-se expressar (obrigado Audiart).


 


  • tópicos similares
    Respostas
    Visualizações
    mensagem dernier

Voltar a "injecção de água nos motores: a montagem e experimentação"

Quem está online?

Usuários navegando neste forum : Não há usuários registrados e convidados 8