Novo transporte: inovações, motores, poluição, tecnologias, políticas, organização ...Inauguração da auto-estrada de ferro Luxemburgo-Perpinhã

Transportes e novo transporte: energia, poluição, as inovações do motor, carro-conceito, veículos híbridos, protótipos, controle de poluição, normas de emissão, impostos. não modos de transporte individuais: transportes, organização, carsharing ou carpooling. Transporte sem ou com menos petróleo.
Avatar de l'utilisateur
bham
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 1666
Inscrição: 20/12/04, 17:36
x 3

Inauguração da auto-estrada de ferro Luxemburgo-Perpinhã

não lu mensagempela bham » 29/03/07, 16:59

Ver http://www.orange.fr/bin/frame.cgi?u=ht ... .orange.fr clique na seção Infográficos à direita. Não consigo acessar o link direto.
29 de março de 2007: entrada em serviço de uma rodovia ferroviária de Luxemburgo / Perpignan por Dijon e Lyon dedicada a veículos pesados: trem de 20 vagões planejados para 40 semi-reboques, 1 ida e volta diária e 15 planejados, mais baratos que por estrada , mais rápido e menos poluente: 80% menos CO2.
Bem, então, as coisas estão mudando um pouco de qualquer maneira e em um bom caminho. : Cheesy:
0 x

sapo
Eu aprendo econológico
Eu aprendo econológico
mensagens: 18
Inscrição: 24/02/07, 18:57
Localização: Normandy

não lu mensagempela sapo » 29/03/07, 22:42

Apoiar a carona é muito bom, mas como e até que ponto?
A atividade de frete da SNCF está em déficit e os contratempos se acumulam: horários com geometria variável, prazos não respeitados.
O transporte rodoviário é mais atraente para as empresas porque é mais flexível e seguro.
Durante a tempestade de 1999, dezenas de estações rurais foram criadas para exportar madeira das florestas afetadas. A experiência foi interrompida devido às dificuldades com o SNCF.
0 x
sapo
Avatar de l'utilisateur
bham
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 1666
Inscrição: 20/12/04, 17:36
x 3

não lu mensagempela bham » 30/03/07, 09:11

frog escreveu:Apoiar a carona é muito bom, mas como e até que ponto?
A atividade de frete da SNCF está em déficit e os contratempos se acumulam: horários com geometria variável, prazos não respeitados.
O transporte rodoviário é mais atraente para as empresas porque é mais flexível e seguro.
Durante a tempestade de 1999, dezenas de estações rurais foram criadas para exportar madeira das florestas afetadas. A experiência foi interrompida devido às dificuldades com o SNCF.


O problema não é o mesmo. Se você já viu o link que eu indico acima, pode entender que se trata de canalizar parte do tráfego rodoviário internacional, sendo a França um ponto central, já que está no meio de comércio entre os países do norte e do sul. Assim, ao canalizar esse tráfego de encaminhamento, você libera as estradas, remove a poluição e espera tributar operações de transporte catastróficas em questões ecológicas, modelando o transporte de camarão da Dinamarca para Marrocos e vice-versa.
Agora, com relação à atividade de frete da SNCF, outra coisa, li recentemente que eles tinham um plano de reestruturação, mas é claro que o trabalho a ser feito é considerável.
0 x
sapo
Eu aprendo econológico
Eu aprendo econológico
mensagens: 18
Inscrição: 24/02/07, 18:57
Localização: Normandy

não lu mensagempela sapo » 31/03/07, 10:35

Obrigado, eu entendi os interesses de pegar carona.
Minha pergunta dizia respeito à incapacidade estrutural do FRance de ter projetos viáveis.
0 x
sapo
Avatar de l'utilisateur
jean63
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 2332
Inscrição: 15/12/05, 08:50
Localização: Auvergne
x 1

não lu mensagempela jean63 » 31/03/07, 14:58

Assim, canalizando esse tráfego de encaminhamento, você alivia as estradas, remove a poluição e espera tributar operações de transporte catastróficas em questões ecológicas, modelando o transporte de camarão da Dinamarca para Marrocos e vice-versa.


... e em mais tempo, é mais rápido de trem (foi o que vi no noticiário da TV).

De qualquer forma, as rodovias estão saturadas até a morte por caminhões e serão cada vez mais; então você tem que fazer uma enésima faixa? NÃO ==> pegando carona ou parar a merda do transporte por nada = fabricar perto do local de consumo e também parar com zero estoque nas fábricas de montagem. MUITAS CONEXÕES C4EST DEMAIS :mal:
0 x
Só quando ele trouxe a última árvore, o último rio contaminado, o último peixe capturado que o homem vai perceber que o dinheiro não é comestível (MOHAWK indiana).

Avatar de l'utilisateur
Misterloxo
boa Éconologue!
boa Éconologue!
mensagens: 480
Inscrição: 10/02/03, 15:28
x 1

não lu mensagempela Misterloxo » 31/03/07, 16:53

+1

existe realmente abuso no transporte rodoviário ... além disso, as infraestruturas de certos departamentos não acompanham mais o aumento do tráfego ...

é quando nos tornamos razoáveis, né?
0 x
Aprender a desobediência é um processo longo. Ele leva uma vida inteira para chegar à perfeição. "Maurice Rajsfus
Pensar é dizer não. "Alain, filósofo


Voltar para "New transportes: inovações, motores, poluição, tecnologias, políticas, organização ..."

Quem está online?

Usuários navegando neste forum : Não há usuários registrados e convidados 6