transporte elétrico: carros, bicicletas, transporte público, aviões ...Carros elétricos: um kWh "TIPP" elétrico?

Carros, ônibus, bicicletas, aviões elétricos: todo o transporte elétrico que existe. Conversão, motores e acionamentos elétricos para o transporte ...

Depois de ler minha mensagem, você é a favor ou contra um Elec "TIPP" (somente em eletricidade ligada a transporte, claro) ??

Para
12
63%
Contre
7
37%
 
Total de votos: 19
Avatar de l'utilisateur
Remundo
mediador
mediador
mensagens: 9479
Inscrição: 15/10/07, 16:05
Localização: Clermont Ferrand
x 525

não lu mensagempela Remundo » 19/05/09, 10:16

Christophe escreveu:Ah, bem, ainda não está pronto, então Remundo! Você deveria ter falado condicional então ...

Mea culpa :P
O .pdf que você cita não tem (quase) nada a ver com a problemática deste assunto ...

Ah, sim se ... Apresenta todas as metralhadoras tributárias sobre eletricidade ... O CO2 é apenas um pretexto, assim como eu não sei qual será a idéia para o veículo elétrico.

Em geral, podemos acusá-lo de sobrecarregar / desequilibrar a rede, de usar as estradas, de exigir muitos metais especiais, de entupir as cidades, de causar acidentes porque é muito lento e silencioso ...
Eu gosto do:

- um imposto misto, que combina um imposto com
imposto de produção e consumo
montante fixo;
- um imposto misto, que combina um imposto com
imposto de produção e consumo
proporcional.


E quando é o imposto misto que mistura impostos mistos?

Este é um raciocínio de ... TAXER isso! : Mrgreen:

Voilà, ce sont des "spécialistes imaginatifs" des mécanismes de taxation.

E saiba que estamos pagando a eles para imaginar como o Estado confiscará nossa renda. : Cenho:
Pour le 25% je crois que tu est bien "optimiste"!

Assim que o 1% for ultrapassado, ele será implementado (talvez antes) ...

C'est sûr que ça va les démanger... Dès le départ, il y a des "partenariats" avec EDF pour des bornes de recharge spécifiques... on sait ce que ça veut dire. : Idea:
0 x
ImagemImagemImagem

Avatar de l'utilisateur
Eu Citro
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 5129
Inscrição: 08/03/06, 13:26
Localização: Bordeaux
x 9

não lu mensagempela Eu Citro » 19/05/09, 10:27

Remundo escreveu:...Voilà, ce sont des "spécialistes imaginatifs" des mécanismes de taxation.

E saiba que estamos pagando a eles para imaginar como o Estado confiscará nossa renda. : Cenho:
Conheço pessoas que dirigem um jipe ​​velho que constantemente reboca um trailer cheio de madeira ...
O jipe ​​funciona com gasolina. :ri muito:
Ceux-là, ils font un beau doigt d'honneur à tes "spécialistes imaginatifs". : Mrgreen:
0 x
Avatar de l'utilisateur
Remundo
mediador
mediador
mensagens: 9479
Inscrição: 15/10/07, 16:05
Localização: Clermont Ferrand
x 525

não lu mensagempela Remundo » 19/05/09, 11:09

Sim ... Até o dia em que o jipe ​​não passará no controle técnico ou será imobilizado pela gendarmeria na beira da estrada para veículo e / ou combustível não aprovado : Mrgreen:

Há dedos de honra que posteriormente acabam em um lugar particular daqueles que os criaram. :ri muito:
0 x
ImagemImagemImagem
C moa
Eu postei mensagens 500!
Eu postei mensagens 500!
mensagens: 704
Inscrição: 08/08/08, 09:49
Localização: Argel
x 9

não lu mensagempela C moa » 20/05/09, 10:35

Citro escreveu:En résumé: Avant de vouloir taxer les plus "vertueux" des moyens de transports, je pense qu'il serait plus judicieux de não isenta mais os modos de transporte mais poluentes.
Cela amorcerait une "spirale vertueuse", ce que devrait approuver Michel Kieffer. 8)
Concordo com você em particular nas isenções, porque elas contribuem para distorcer o debate. Hoje, por exemplo, sabemos que a seguridade social seria em grande parte excedente se todas as contribuições fossem pagas e, especialmente, se todos os impostos que normalmente são devidos a ela fossem pagos a ela. Mas este é outro (longo) debate.

Em termos de isenção de transporte elétrico, acho que o risco seria o mesmo do que está acontecendo hoje com o petróleo.

Dois extratos de cet article pour illustrer mes "craintes".

Esse plano é baseado em um preço por galão de 3,5 dólares em 2016, um preço que as autoridades americanas esperam que seja atraente o suficiente para incentivar os consumidores a adquirir veículos limpos.
Isso prova que as pessoas mudam muito mais rapidamente sob coação, especialmente financeira. Portanto, não ter impostos sobre o transporte de eletricidade seria o mesmo que retomar o transporte térmico e, portanto, permitir o desenvolvimento de tanques. Certamente eles se moverão graças à energia elétrica, mas ainda serão tanques !!!
Portanto, sempre produzirá mais eletricidade (nuclear e outras), pois hoje temos um aumento constante na produção / demanda de petróleo.

A queda nos preços do petróleo no final de 2008 e no início de 2009 impulsionou, em alguns casos, as vendas de determinados veículos, do tipo pick-up e SUV, considerados não muito ecológicos.
É claro que, assim que as restrições caem, os maus hábitos retornam imediatamente.
Caçar o natural, ele volta a galope !!! :mal:

Pour ce qui est de la question sur "faut-il taxer uniquement l'électricité transport ?" Bien sur que non mais remarquons qu'une taxe existe déjà chez les particuliers entre les petits consommateurs (éclairage et électroménager) et les gros consommateurs (tout électrique) car le prix de l'abonnement n'est pas le même entre une installation 3kva et une installation 9kva. Certes ce n'est probablement pas suffisant pour inciter bon nombre de foyers à abandonner leur chauffage électrique mais ce n'est pas juste non plus de dire qu'on ne fait pas la différence.
0 x
É difícil única !!!
Avatar de l'utilisateur
Christophe
mediador
mediador
mensagens: 55813
Inscrição: 10/02/03, 14:06
Localização: planeta Serre
x 1702

não lu mensagempela Christophe » 20/05/09, 11:36

Citro escreveu: O estado do asfalto é deplorável devido à falta de manutenção e a largura é reduzida.


Aconselho que você faça uma excursão na Valônia ... se você quiser ver estradas podres! Francamente, é lamentável a Bélgica neste ponto de vista!

Les politiques belges sont vraiment cons sur ce point car au lieu de refaire correctement les routes une bonne fois pour toute avec du bitume de qualité, ils se contentent de voter X fois des budgets "rikrak". L'inverse de l'investissement durable...

Ou os profissionais belgas de betume são notórios incompetentes (voluntariamente para perpetuar sua atividade?)? Eles esqueceram a receita?

Finalmente, o argumento de que alguns políticos belgas saem dizendo que são as estradas pagas da França que lhes permitem manter suas boas condições é completamente falacioso!

:mal:

Si tu me crois pas, fais quelques recherches sur le net...à commencer par la E411, ok c'est une autoroute "stratégique" pour le TIR (axe anvers-allemagne-luxembourg-france) mais franchement les vices constatés il y a quelques temps sont LAMENTABLES après X années de rénovation et des dizaines de millions engloutits! :mal: :mal:

Remundo escreveu:Sim ... Até o dia em que o jipe ​​não passará no controle técnico ou será imobilizado pela gendarmeria na beira da estrada para veículo e / ou combustível não aprovado : Mrgreen:

Há dedos de honra que posteriormente acabam em um lugar particular daqueles que os criaram. :ri muito:


Você acredita francamente que os donos de um jipe ​​gerador de gás não dão a mínima para seguros e CT?

Ok, vamos voltar a este TIET :)
Dernière édition par Christophe o 05 / 07 / 11, 10: 18, 1 editada uma vez.
0 x
Ce forum ajudou você? Ajude-o também para que ele possa continuar ajudando os outros - VAMOS MELHORAR NOSSAS TROCAS NO FÓRUM - Publicar um artigo sobre Econologia e Google Notícias

Avatar de l'utilisateur
Remundo
mediador
mediador
mensagens: 9479
Inscrição: 15/10/07, 16:05
Localização: Clermont Ferrand
x 525

não lu mensagempela Remundo » 20/05/09, 12:15

Oi Toff,

Os anarquistas insolventes sem emprego e eu, os que jogamos em latas de lixo, não temem absolutamente nada ... Os outros ... : Idea:
0 x
ImagemImagemImagem
Avatar de l'utilisateur
Remundo
mediador
mediador
mensagens: 9479
Inscrição: 15/10/07, 16:05
Localização: Clermont Ferrand
x 525

não lu mensagempela Remundo » 04/07/11, 21:45

Christophe escreveu: Remundo você tem textos oficiais no TIET?

está indo devagar, mas certamente tudo está lá ...
Portanto, o governo mudou discretamente esse TIPP para um novo TICPE (imposto interno sobre o consumo de produtos energéticos).

Portanto, agora, juridicamente, é possível tributar qualquer tipo de energia usada para dirigir um carro. Incluindo eletricidade. Resta saber o consumo exato de cada modelo. Esqueça.

Um grupo de trabalho franco-alemão, sob a égide do BNA (Automobile Standardization Bureau) e da UTE (Technical Union of Electricity), está trabalhando no desenvolvimento de um soquete específico para carregar carros elétricos. Seria dedicado apenas ao carregamento de carros elétricos (ou híbridos recarregáveis), devido ao seu formato específico e à potência atual que ele forneceria.

Nova fonte de renda

Esse novo soquete seria "inteligente" e capaz de se comunicar com o sistema elétrico do carro, para descobrir o estado da carga (portanto, a necessidade exata de energia e tempo de carga) e a rede de distribuição atual. Associado um novo medidor de comunicação (como o Linky da EDF, sendo instalado) e pronto: é possível saber a quantidade exata de eletricidade necessária para recarregar as baterias. E, portanto, aplicar uma tarifa adaptada e tributá-la.


Fonte: O que escolher?

O que eu tinha chamado TIET (imposto interno sobre o transporte de eletricidade)é denominado TIPCE (imposto interno sobre produtos de consumo de energia) no "projeto"

A única vantagem do VE é o seu custo poruso : no entanto, essa tributação atinge (ra) diretamente no milheto, claramente se a TIPCE for voraz, é provável que o carro elétrico acabe custando mais do que uma térmica. :?

Também cativará todos os usuários de EV.

Pague, pague boas pessoas.
0 x
ImagemImagemImagem
Alain G
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 3044
Inscrição: 03/10/08, 04:24
x 1

não lu mensagempela Alain G » 05/07/11, 06:40

Remundo

Claramente eles querem matar pela raiz o carro elétrico!

Especialmente porque eles já estão recebendo receita com eletricidade!
0 x
Pisando para trás, por vezes, pode fortalecer a amizade.
A crítica é bom se adicionado a alguns elogios.
Alain
Avatar de l'utilisateur
Eu Citro
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 5129
Inscrição: 08/03/06, 13:26
Localização: Bordeaux
x 9

não lu mensagempela Eu Citro » 05/07/11, 08:44

Alain G escreveu:Claramente eles querem matar pela raiz o carro elétrico!
Matamos o carro elétrico há mais de 60 anos ...
Imagem
Até 1910, os carros elétricos eram mais numerosos (e mais práticos) do que os carros a gasolina.

Os freios no desenvolvimento do carro elétrico não são tecnológicos, mas ECONÔMICOS, porque perdem muito dinheiro para empresas líderes na economia de nossos países. Empresas que podem se dar ao luxo de fazer lobby de maneira eficaz ...
Imagem

A tributação / enfrentamento computacional de carros (elétrico e térmico) está em desenvolvimento e permitirá (talvez) desenvolver o mercado de veículos elétricos, garantindo aos atores econômicos a manutenção de seu aluguel (em detrimento dos consumidores).
:mal:

Uma certeza é que não devemos economizar dinheiro dirigindo um carro elétrico ...
Exceto alguns sortudos como eu.Imagem
0 x
Avatar de l'utilisateur
Christophe
mediador
mediador
mensagens: 55813
Inscrição: 10/02/03, 14:06
Localização: planeta Serre
x 1702

não lu mensagempela Christophe » 05/07/11, 09:05

Remundo escreveu:
Christophe escreveu: Remundo você tem textos oficiais no TIET?

está indo devagar, mas certamente tudo está lá ...
Portanto, o governo mudou discretamente esse TIPP para um novo TICPE (imposto interno sobre o consumo de produtos energéticos).

Portanto, agora, juridicamente, é possível tributar qualquer tipo de energia usada para dirigir um carro. Incluindo eletricidade. Resta saber o consumo exato de cada modelo. Esqueça.

Um grupo de trabalho franco-alemão, sob a égide do BNA (Automobile Standardization Bureau) e da UTE (Technical Union of Electricity), está trabalhando no desenvolvimento de um soquete específico para carregar carros elétricos. Seria dedicado apenas ao carregamento de carros elétricos (ou híbridos recarregáveis), devido ao seu formato específico e à potência atual que ele forneceria.

Nova fonte de renda

Esse novo soquete seria "inteligente" e capaz de se comunicar com o sistema elétrico do carro, para descobrir o estado da carga (portanto, a necessidade exata de energia e tempo de carga) e a rede de distribuição atual. Associado um novo medidor de comunicação (como o Linky da EDF, sendo instalado) e pronto: é possível saber a quantidade exata de eletricidade necessária para recarregar as baterias. E, portanto, aplicar uma tarifa adaptada e tributá-la.


Fonte: O que escolher?

O que eu tinha chamado TIET (imposto interno sobre o transporte de eletricidade)é denominado TIPCE (imposto interno sobre produtos de consumo de energia) no "projeto"

A única vantagem do VE é o seu custo poruso : no entanto, essa tributação atinge (ra) diretamente no milheto, claramente se a TIPCE for voraz, é provável que o carro elétrico acabe custando mais do que uma térmica. :?

Também cativará todos os usuários de EV.

Pague, pague boas pessoas.


"avance" dis tu? Ca dépend pour qui ! Pour moi (et tous les défenseurs de la propulsion électrique routière) c'est plutôt "reculer" mais c'est ce qu'on "prévoyait" sur econologie depuis un moment (ce sujet en est la preuve + lien ci dessous)...

Et qu'au nom de l'égalité énergétique...il n'y avait pas de raison que les kWh electro-routiers ne soit pas "surtaxé"...Dommage la voiture électrique n'avait pas besoin de ceci. Les milliards de fonds publics subventionné à PSA et Renault risquent d'être...une gabegie de plus...

Copiei as informações aqui:
https://www.econologie.com/forums/voiture-el ... 10007.html (tópico mais recente)
Dernière édition par Christophe o 05 / 07 / 11, 10: 55, 1 editada uma vez.
0 x
Ce forum ajudou você? Ajude-o também para que ele possa continuar ajudando os outros - VAMOS MELHORAR NOSSAS TROCAS NO FÓRUM - Publicar um artigo sobre Econologia e Google Notícias


 


  • tópicos similares
    Respostas
    Visualizações
    mensagem dernier

Voltar ao "transporte de carga: carros, bicicletas, transporte público, aviões ..."

Quem está online?

Usuários navegando neste forum : Bing [Bot] e os hóspedes 7