transporte elétrico: carros, bicicletas, transporte público, aviões ...Carros elétricos: um kWh "TIPP" elétrico?

Carros, ônibus, bicicletas, aviões elétricos: todo o transporte elétrico que existe. Conversão, motores e acionamentos elétricos para o transporte ...

Depois de ler minha mensagem, você é a favor ou contra um Elec "TIPP" (somente em eletricidade ligada a transporte, claro) ??

Para
12
63%
Contre
7
37%
 
Total de votos: 19
Avatar de l'utilisateur
Did67
mediador
mediador
mensagens: 18548
Inscrição: 20/01/08, 16:34
Localização: Alsácia
x 8064

pela Did67 » 05/07/11, 09:35

Gostaria apenas de relembrar que no contexto atual, é óbvio que haverá uma diminuição dos gastos do Estado e um aumento das receitas (impostos).

Todo o resto é um sonho bizounear ...

Então, à medida que o TIPP vai diminuindo (porque a frota de térmicos enfraquece; porque os veículos cada vez mais econômicos; porque os elétricos talvez ...), o Estado vai procurar outro lugar ...

Então, se não é um TICPE, vai ser um IVA sobre isto ou aquilo, um imposto sobre gadgets a inventar ... Não me conheço, PACS, está na moda ... está que vai ser mais justo ???

O princípio de que o carro elétrico é tributado não me choca em si. Usa as estradas, mobiliza as forças da polícia e da gendarmaria, etc ... Um certo número de "serviços" que têm um custo ...

Também não me choca o princípio de que o carro é uma "placa fisaculosa": evita taxar os mais pobres (que não têm carro) ou os mais valentes / verdes (que andam de bicicleta, transportes públicos) ... Mesmo que não sejamos todos iguais na frente do carro, dependendo de onde moramos (mas não somos iguais perante um infarto ou câncer e temos que aceitar!).
0 x

Avatar de l'utilisateur
Remundo
mediador
mediador
mensagens: 9483
Inscrição: 15/10/07, 16:05
Localização: Clermont Ferrand
x 528

pela Remundo » 05/07/11, 09:55

Em 2007, esse é o detalhamento dos preços dos combustíveis de acordo com Christophe e Jancovici :
Imagem

Aí está, então substitua "óleo" por "EDF" e o Estado por todo o resto.

O preço da transmissão elétrica kWh pode incluir 2/3 dos impostos, o que significa que será tributado em (1-1 / 3) / (1/3) = 200%.

Actualmente, de 1,5 € / L, 1 € vai para o estado, que é também 200% de imposto.

Se este é o futuro do VE com flicagem total, descarga fiscal e plug específico, é importante não comprar os recentes ...
0 x
ImagemImagemImagem
bernardd
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 2278
Inscrição: 12/12/09, 10:10

pela bernardd » 05/07/11, 10:05

Notícias muito boas para a energia fotovoltaica e eólica doméstica, sem falar na co-geração baseada em pellets que está chegando :-)

Estamos com o mesmo problema que o software livre e de código aberto ...
0 x
A bientôt!
Avatar de l'utilisateur
Christophe
mediador
mediador
mensagens: 55872
Inscrição: 10/02/03, 14:06
Localização: planeta Serre
x 1706

pela Christophe » 05/07/11, 10:48

Sim Bernard, desde que o carro não seja muito "comunicativo" .... na época da democratização dos chips 3G e GPS, francamente acho que vai ser difícil "enganar". UMA tributação por km percorrido com um carro elétrico seria muito fácil de configurar tecnologicamente ...

E a liberdade individual?

Eu fiz um novo: https://www.econologie.com/voiture-elect ... -4362.html

Você pode "socializar" as informações ...
0 x
Ce forum ajudou você? Ajude-o também para que ele possa continuar ajudando os outros - VAMOS MELHORAR NOSSAS TROCAS NO FÓRUM - Publicar um artigo sobre Econologia e Google Notícias
Avatar de l'utilisateur
estipe
boa Éconologue!
boa Éconologue!
mensagens: 224
Inscrição: 07/01/11, 14:36
Localização: Oise (60)

pela estipe » 05/07/11, 10:58

Concordo com DID67

Não taxar o carro elétrico da mesma forma que os veículos a gasolina porque "poderíamos" produzir sua energia a partir de turbinas eólicas, isso é um grande argumento, eu acho ...

Hoje, um carro elétrico na França é um combustível nuclear ou fóssil. Se, além disso, for menos lucrativo economicamente do que o óleo diretamente no carro, essa solução não é tão interessante. Limpe os centros das cidades substituindo o carro "atual" por um veículo quase tão impróprio para o trânsito nesses lugares ...

Mas hey, eu sou um pequeno advogado do diabo ...
0 x
“o objetivo de toda vida é acabar”!.

enlear
boa Éconologue!
boa Éconologue!
mensagens: 330
Inscrição: 11/06/07, 13:04
x 16

pela enlear » 05/07/11, 11:27

Os mais favorecidos serão os primeiros usuários de VEs, porque antes de ver uma tributação efetiva, o problema não é simples.
Se for positivo para o primeiro, pode ser a correria, e aí as ideias não falharão :D
Não dê a eles muito de qualquer maneira :D

Eles certamente começarão com os cartões cinza.
Acho mais difícil considerar um imposto sobre a eletricidade, deixando muito campo para o hack (parque eólico privado, etc.). A tributação por km não me parece realista do lado da gestão, mesmo que o carro esteja se comunicando, é muito intrusivo.
Ainda há pedágios, acesso às artérias principais etc., lado da imaginação para besteira, eu confio neles completamente, esse é o único ponto positivo.
Bem, considero que é necessário tributar como disse Did67, mas razoavelmente ....
0 x
O mundo é perfeito !!!
bernardd
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 2278
Inscrição: 12/12/09, 10:10

pela bernardd » 05/07/11, 11:37

Estamos em total contradição com a liberdade de circulação .. de mercadorias (que têm mais direitos do que os humanos).

Então, um polonês não terá o direito de conectar seu carro elétrico na França?

No entanto, após as 20 ou 30 noites de viagem necessárias para recarregar as baterias, ele vai precisar ;-)
0 x
A bientôt!
enlear
boa Éconologue!
boa Éconologue!
mensagens: 330
Inscrição: 11/06/07, 13:04
x 16

pela enlear » 05/07/11, 11:55

Se for para vir consertar um vazamento (encanador polonês), não é muito inteligente, o seu encanador não pode pegar o trem? estou brincando :D

ele vai pagar uma recarga como qualquer outro usuário, não vejo onde está o problema de direitos de execução.
Já do lado tehcno, são aquelas 30 noites de carregamento, dá motivos para pensar no interesse de tal viagem por EV :D , o techno vai evoluir muito rapidamente de qualquer maneira .... pode até pegar vários carros emprestados.

Além disso, levanta outras questões por que possuir um EV. Aqui está uma boa ideia para o imposto, na hora de alugar, administrado pelo estado claro, já que mais óleo ... a vida em VE não é boa. :D, você quer mudar, você aluga ... vai demorar muito para chegar lá :D
0 x
O mundo é perfeito !!!
bernardd
especialista Econologue
especialista Econologue
mensagens: 2278
Inscrição: 12/12/09, 10:10

pela bernardd » 05/07/11, 12:01

perplex escreveu:ele vai pagar uma recarga como qualquer outro usuário, não vejo onde está o problema de direitos de execução.


Porque se os terminais exigirem um módulo de computador particular enquanto o veículo polonês tiver uma tomada elétrica europeia padrão simples, ele irá colocar uma extensão e não pagará imposto ...

E que vou encontrar uma maneira de comprar o mesmo, e vou alimentá-lo com meus painéis, também sem impostos :-) Quando digo "eu", não estaria sozinho ...
0 x
A bientôt!
enlear
boa Éconologue!
boa Éconologue!
mensagens: 330
Inscrição: 11/06/07, 13:04
x 16

pela enlear » 05/07/11, 12:08

perplex escreveu:
Acho mais difícil considerar um imposto sobre a eletricidade, deixando muito campo para o hack (parque eólico privado, etc.). .


Não tenho dúvidas sobre a imaginação dos "eus", por isso eles acham que não fazem essa faixa no início.

Mais uma vez temos que pensar em todos os que moram em apartamento, o hack para eles é mais difícil, devemos equipar todos os estacionamentos etc ... muito trabalho em perspectiva.
Se nossos campeões de liderança forem inteligentes, a mudança para EV pode ser um verdadeiro trampolim econômico ....
0 x
O mundo é perfeito !!!


 


  • tópicos similares
    Respostas
    Visualizações
    mensagem dernier

Voltar ao "transporte de carga: carros, bicicletas, transporte público, aviões ..."

Quem está online?

Usuários navegando neste forum : Não há usuários registrados e convidados 9