hidrogênio solar, fotoeletroquímico ou PEC

PEC House: um projeto de célula solar de hidrogênio De acordo com BE de l'Adit

Embora ainda não seja uma fonte de energia utilizável estritamente falando, o hidrogênio é de interesse capital como meio de armazenamento. Porém, a principal dificuldade atual é conseguir produzi-lo de forma “verde”. O Instituto Federal Suíço de Tecnologia em Lausanne (EPFL) embarcou recentemente no desenvolvimento de uma célula fotoeletroquímica (PEC) capaz de quebrar a água em hidrogênio e oxigênio na própria superfície dos eletrodos. Ao contrário dos sistemas atuais, que consistem em associar uma célula solar a um eletrolisador, a principal desvantagem dos PECs é sua baixa eficiência. No entanto, a EPFL espera atingir rendimentos de cerca de 4,5% em 2009 e 7% em 2011.

O projeto é coordenado pelo Centro de Energia EPFL e pilotado pelo Laboratório de Fotônica e Interfaces dirigido pelo Professor Michael Grätzel, inventor das células solares de mesmo nome que são inspiradas na fotossíntese de plantas para converter energia solar em eletricidade. Este trabalho vem na sequência daqueles realizados no final dos anos 90 em colaboração com os professores Jan Augustynski em Genebra e Gion Calzaferri em Berna e que permitiram a construção de uma "célula tandem" fotoeletroquímica, cujos resultados foram promissor. Essa célula combinava um semicondutor com uma célula de corante, o que aumentava a entrada elétrica necessária para a reação de dissociação da água.

Leia também:  A rentabilidade do biogás

O novo projeto, denominado PECHouse, tentará aprimorar esse dispositivo desenvolvendo materiais mais estáveis. Na verdade, o principal obstáculo para o desenvolvimento desse tipo de célula é encontrar materiais que resistam à corrosão, mantendo um preço acessível. Com um orçamento de cerca de 3,1 milhões de euros, o PECHouse é apoiado pelo Gabinete Federal de Energia e poderá beneficiar da experiência e competências do EMPA, o laboratório federal dedicado aos materiais.

website PECHouse: http://pechouse.epfl.ch
Michael Grätzel, Laboratório de Fotônica e Interfaces, EPFL - tel: +41 21 693 31 12 - email: michael.graetzel @ epfl.ch

Fonte: "EPFL embarca na corrida pelo hidrogênio solar" - Le Temps - 17/06/2008

mais:

- PECHouse, hidrogênio célula solar Photo pela química electro
- Hidrogênio solar por concentração solar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *