Brasil lança primeiro avião a álcool produzido em massa no mundo

O primeiro avião a álcool produzido em massa no mundo, o Ipanema, é entregue nesta terça-feira a uma empresa de fumigação aérea em Botocatu, a 220 quilômetros de São Paulo, por uma subsidiária da fabricante brasileira de aeronaves Embraer.
“Até agora havíamos modificado os motores de alguns aviões para que funcionassem a álcool, mas o Ipanema será o primeiro avião a álcool produzido em série no mundo a ser entregue”, explicou um funcionário da empresa. 'Embraer, quarto maior fabricante mundial de aeronaves comerciais.
A versão alcoólica da aeronave agrícola Ipanema, líder de vendas em sua categoria no Brasil com cerca de 1.000 aeronaves, foi fabricada pela Neiva Indústria Aeronáutica, subsidiária da Embraer e responsável pelo setor de aviação agrícola.
A indústria de Neiva utilizou dados do Centro Técnico Aeroespacial (CTA, público) em seu projeto de motor de avião a álcool combustível (feito de cana-de-açúcar), iniciado na década de 1980 e abandonado alguns anos depois por falta de prata.
O uso do álcool combustível tem maior eficiência técnica e custos menores do que a gasolina, além de ser muito menos poluente, segundo a Embraer.
O custo do álcool é, na verdade, três a quatro vezes menor que o da gasolina de aviação. O Brasil também é um grande produtor de álcool (extraído da cana-de-açúcar), o que explica a escolha da Embraer.
Um motor a álcool permite um aumento em sua potência de cerca de 5%.
Além disso, esse combustível aumenta a eficiência geral do avião, reduzindo sua distância de decolagem e, em particular, aumentando sua velocidade.

Leia também:  China diversifica fontes de energia

Fonte: Tribuna de Genebra

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *