Bancos no caminho para a responsabilidade ambiental?

Com a campanha "Bancos franceses: poupe o clima!" »Lançado em janeiro de 2006, e conseqüente relatório publicado um mês depois, Amigos da Terra não tomou medidas para fazer os bancos reagirem sobre sua responsabilidade ambiental. Descobertas, análises, recomendações, a abordagem da ONG parece estar dando frutos.

Um mês após o lançamento da campanha “Bancos franceses: poupe o clima! ", Amigos da Terra publicou um relatório em fevereiro intitulado" Bancos franceses e o meio ambiente: quase tudo está por fazer. »Após uma análise precisa do sistema de gestão ambiental, do sistema de avaliação da política ambiental, dos impactos ambientais diretos e, finalmente, dos impactos indiretos (políticas de investimento e financiamento), o relatório conclui que, entre os oito bancos franceses estudados *, nenhum possui atualmente uma política ambiental real. De acordo com a ONG, os bancos não dão provas de que fazem do meio ambiente a prioridade de todos. Salienta, em particular, a virtual ausência de transparência, os objetivos ambientais vagos, a ausência de valor acrescentado por parte dos bancos que adotaram compromissos voluntários como o Pacto Global e sublinha a necessidade de generalizar e reforçar as disposições da lei NRE.

Leia também:  Seca na Amazônia: incêndio na Bolívia e Amazônia pouco navegável no Peru

Leia mais

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *