Os castores circularão em 2007?

De acordo com as informações comunicadas pelo Ministério do Interior da Baixa Saxônia, uma associação antinuclear, BI, conta com um novo transporte de 12 CASTORS para o armazém de Gorleben.

Para 2007, os operadores de BI e Gorleben não esperam mais a entrega de resíduos radioativos de alto nível para Gorleben e da França. De fato, são necessários novos contêineres para repatriar resíduos radioativos da França, porque os resíduos vitrificados que serão trazidos de volta para a Alemanha a partir de 2007 serão mais quentes e mais radioativos (eles não serão resfriados durante o tempo no centro reprocessamento). Portanto, é necessário fabricar novos recipientes que devem ser verificados e autorizados pelo serviço de proteção contra radiação. A fabricação pode começar. Por conseguinte, não deve haver transporte da França para Gorleben em 2007.

No entanto, o comitê de ação anunciou que ainda poderia haver um comboio completo de 5 CASTORS em 2007, transportando os resíduos provenientes da antiga instalação de reprocessamento de Karlsruhe, no armazém da Baixa Saxônia. No entanto, a instalação de vitrificação, usada para derreter o resíduo do reprocessamento no vidro, ainda está em fase experimental.

Leia também: Entrevista com Christine e Christophe em Trends Tendências ...


Fontes: Die Tageszeitung - 06/06/2006
Editor: Valerie Bichler, valerie.bichler@diplomatie.gouv.fr

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *