Igas gostaria de "finalizar" o Cyclamed

Um relatório da IGAS (Inspecção Geral dos Assuntos Sociais) apresentado ao Ministro da Saúde recomenda “pôr fim” ao Cyclamed, o sistema de recolha de medicamentos não utilizados e resíduos das embalagens dos medicamentos. O ministro, Philippe Douste-Blazy, deseja mudar o sistema, mas não suprimi-lo. O Igas havia sido apreendido pelo Ministro em setembro de 2004, após a descoberta de um tráfico de drogas recuperado por farmacêuticos. 21 reclamações foram feitas após este relatório, mas o futuro do dispositivo não está em questão. Ainda assim, o relatório “Investigação no Sistema de Reciclagem de Drogas Cicladas” é severo. Inicialmente, ele critica “a mediocridade do histórico ambiental”: sem questionar a conveniência de um sistema de coleta específico (que limita o depósito de drogas em aterros sanitários, cujos riscos são mal compreendidos), ele observa que apenas 11,6 , 10% das embalagens dos medicamentos são recolhidos e 30 a 510% dos medicamentos não utilizados (MNU). Além disso, o propósito humanitário do dispositivo "não se aplica mais", as principais associações humanitárias (Cruz Vermelha, Médecins sans frontières, Médicos do Mundo, etc.) não desejam mais usar os UNMs. Na verdade, eles estão desatualizados, inadequados às necessidades ou mal embalados. A tonelagem de UNMs distribuída foi dividida por três em oito anos, ou seja, 3.211 toneladas das 2003 recuperadas em XNUMX.

Leia também:  HVB e Pantone na França2!

Fonte: www.enviro2b.com

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *