Le Monde: Sr. Sarkozy, o antiliberal do petróleo.

“O aumento nas aulas é talvez uma chance. Ela lembra que os hidrocarbonetos não são inesgotáveis, que o mundo terá que aprender a prescindir do petróleo não faz muito tempo, por volta de meados do século, e que, até lá, terá que se acostumar com a óleo caro. Dessa perspectiva, o clientelismo míope do governo parece não apenas irrisório, mas também contraproducente. "

Para ler o artigo completo: Petróleo e Sarkozy

Leia também:  Casa ecológica: passiva, bioclimática, solar, positiva, BBC, saudável ...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *