Nove mortos em um ataque contra uma instalação de petróleo na Nigéria

Pelo menos nove pessoas, incluindo oito policiais e um funcionário nigeriano, foram mortas na terça-feira, 24 de janeiro, no momento do ataque de homens armados em uma instalação da empresa petrolífera italiana Agip em Port Harcourt. Segundo a ENI, da qual a Agip é subsidiária, o ataque teve como alvo principal o banco instalado no site. O grupo disse que faltam detalhes para determinar se o ataque está ligado a rebeldes na região do delta que estão atacando a indústria do petróleo há várias semanas.

"Este é um assalto bem-sucedido", disse o cônsul-geral italiano em Lagos, sobre o ataque, que foi muito bem organizado e lançado a partir de dois barcos rápidos. Os atacantes usavam treliças e boinas de camuflagem. Eles estavam armados com AK-47s. O cônsul disse que nenhum expatriado, portanto nenhum italiano havia sido morto, ao contrário do que as testemunhas haviam inicialmente reivindicado.

Leia mais

Leia também: Bancos no caminho para a responsabilidade ambiental?

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *