Para um futuro sem incineradores

CAP21 lançou uma petição para limitar a construção de incineradores.

Aqui estão os vários pontos defendidos:

 » Redução de embalagem na fonte, impondo o uso de produtos de embalagem, garantindo a possibilidade de reciclagem, recuperação de materiais, recuperação por depósito, bem como a tributação de embalagens não recicláveis.

Estabelecimento de um eco-economia geradora de empregos, firmados com esses novos depósitos.

Extensão da ajuda financeira a todas as massas de produtos recicláveis classificados em residências ou em centros de triagem industriais.

Recuperação de materiais fermentáveis ​​e lodo, por compostagem ou metanização.

Alinhamento do método de cobrança do serviço de coleta e processamento de resíduos domésticos, sobre o método de pagamento em vigor pelos serviços de água, gás e eletricidade.

Introdução de regras de urbanismo levando em consideração as restrições de espaço relacionadas à triagem, coleta seletiva e a instalação de uma plataforma de desembalagem e recuperação em qualquer projeto de construção comercial com mais de 300 m² de área de vendas. " 

Leia também:  O aquecimento dos oceanos modelados com precisão

Todos estes pontos já são, em grande parte ou em parte, aplicados noutros países da União Europeia, em particular nos países do Norte. Bastaria que a França se inspirasse um pouco nesses outros países ...

Assine o apelo

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *