Revisão da imprensa: injeção de água em motores

Revisão da imprensa sobre injeção de água em motores térmicos

Leia em "Ciência e Vida" de agosto de 1949, página 121.

"8 de junho - França - Água e combustível Sr. Raymond Devaux, no 11 Cv Citroen" Performance "percorreu 15.5 km com 1 litro de gasolina e 75 gr de água, ou 6.45 l de gasolina e 0.5 l de água a cada 100 km. A água é pulverizada por um bico muito fino pela pressão dos gases de escapamento e seria "atomizada" sob o efeito de um arco elétrico. A economia de combustível chegaria a 40% com maior flexibilidade operacional ”

Pode parecer estranho para você, mas é possível usar água além do combustível convencional em motores convencionais e sob certas condições.

O principal objetivo da ação da água é promover a combustão: o resultado é a diminuição da poluição (já que a combustão é mais completa) e do consumo (os resultados são quantificados em matérias de jornal)

Leia também:  Sistema de emulsificação de água a diesel

O Sr. Gabriel Ferrone de la Sleva registrou uma patente há mais de 20 anos, após trabalhos realizados com injeção de água no final dos anos 70.

Aqui estão 2 artigos de jornal publicados na época (início dos anos 80).

Links para o texto completo da patente

É importante destacar que a ideia não é nova, já que as últimas gerações de Messerschmidt durante a 2ª Guerra Mundial contavam com um sistema de injeção de água para ganhar potência instantânea. (Ver página " injeção de água em aviões da Daimler Benz")

Isso ainda existe hoje em competição, como evidenciado por esses kits vendidos na Inglaterra: http://www.aquamist.co.uk

ps: Artigo a ser impresso em tamanho A4 para poder lê-lo.

Emoldurado no livro La R-16 de mon pere, edição ETAI 1996 de Bernard Vermeleu

Como tais pesquisas infelizmente nunca levaram a aplicações industriais ou comerciais, podemos deduzir que o assunto foi abafado. Esse era o caso há 20 anos, mas e hoje em uma era de liberdade “total” que a Internet oferece?

Leia também:  Injeção de água em motores por Jean-Pierre Chambrin

Nossa experimentação

Fizemos pessoalmente um protótipo de injeção de água. A montagem e as performances foram postadas neste site: link para a página de apresentação do ZX-TD enriquecido com água.

Desempenho: economia de combustível de 20%, fumaça de 40% a menos para energia idêntica ou até um pouco melhor.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *