Reino Unido e Suécia estão no caminho para cumprir as metas do Protocolo de Kyoto

O Reino Unido e a Suécia parecem os únicos países europeus signatários do Protocolo de Quioto com probabilidade de alcançar suas metas de redução de emissões de gases de efeito estufa, enquanto isso parece improvável para Itália e Espanha.

O acordo assinado em Kyoto, no Japão, em 1997, foi ratificado por 155 países e entrou em vigor em fevereiro passado. Os países europeus signatários comprometeram-se, assim, a alcançar até 2012 um nível total de emissões de gases com efeito de estufa (GEE) inferior em 8% ao de 1990. Seguindo este compromisso, a União Europeia considerou necessário distribuir o ónus deste objetivo pelos quinze Estados-Membros. Essa meta pode ser negativa (-21% para a Alemanha), zero (0% para a França) ou positiva (+ 15% para a Espanha). Uma meta positiva significa que um país tem permissão para aumentar suas emissões de GEE em comparação a 1990, em vista de seu desenvolvimento econômico contínuo, mas apenas até certo limite. Os países signatários devem, portanto, implementar uma política energética consistente com os objetivos. Cada um deles deve apresentar um plano de ação com um calendário preciso que lhes permita atingir esses objetivos.

Leia também:  potencial Petrolier em Charlotte Bacia de Rainha

Leia mais

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *