Download: Agricultura, fins não alimentares

Pontos de venda não alimentares para a agricultura

Combustíveis, têxteis, cosméticos, plásticos ... os agricultores podem prever novas perspectivas promissoras. Esses estabelecimentos não alimentícios possibilitam conciliar as necessidades de rentabilidade dos produtores com os requisitos ambientais da sociedade e as expectativas dos consumidores. Experiências e testemunhos.

Documento da FNSEA (.pdf de 1.45 MB) sobre esses novos mercados agrícolas:

- Biocombustíveis, é claro. A este respeito: pena que sejam apenas biocombustíveis oficiais, como etanol ou diéster)

- Plásticos biodegradáveis

- Solventes naturais (óleo de mamona)

- Têxteis e materiais naturais (linho e cânhamo para construção verde)

- Plantas aromáticas e medicinais (lavanda)

Baixar o arquivo (a subscrição da newsletter pode ser exigido): Agricultura: objetivos não alimentares

Leia também: Biogás na África

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *