telhado plano solar

Tudo sobre painéis solares fotovoltaicos em 2022 e suas especificidades

Desde a demonstração do efeito fotovoltaico por Antoine Becquerel em 1839 e a apresentação da primeira célula fotovoltaica pelos Laboratórios Bell em 1954, a tecnologia fotovoltaica percorreu um longo caminho antes de atingir este nível surpreendente como é hoje. Hoje em dia, os equipamentos nascidos desta grande inovação permitem-nos abastecer as nossas casas com eletricidade de forma mais responsável, aquecer as nossas casas, enfim, ter fontes de energia mais autónomas, mais eficientes e mais ecológicas.

É preciso admitir: a energia solar está em alta. No entanto, como são feitos esses painéis solares fotovoltaicos que adornam nossos telhados e terraços? Do que eles são feitos? E a instalação deles? Como elas são realmente mais vantajosas que as soluções convencionais? Convidamo-lo a descobrir as respostas a todas estas questões neste pequeno guia prático para o fotovoltaica solar.

De que são feitos os painéis fotovoltaicos?

Um painel fotovoltaico é composto principalmente por várias células fotovoltaicas conectadas em série ou em paralelo. São esses componentes eletrônicos que, após receberem a energia solar na forma de ondas eletromagnéticas chamadas fótons, a convertem em eletricidade. Vulgarmente conhecido como “efeito fotovoltaico”, essa transformação da energia do fóton em corrente elétrica resulta de um fenômeno natural ou, mais precisamente, de uma reação química.

As camadas que formam as células fotovoltaicas são geralmente feitas de silício, um material semicondutor (a meio caminho entre um isolante e um condutor) que permite a passagem de uma corrente quando dopado. A chamada camada N-dopada, cujo silício é acoplado a um composto com alto teor de elétrons, como o fósforo, é carregada negativamente. Já o outro módulo (a camada dopada com P), cujo silício está associado a um elemento que contém menos elétrons, como o boro, é carregado positivamente.

Leia também:  Hidrogênio solar: assessoria técnica e econômica

A interação entre esses dois dispositivos de sinais opostos gera uma junção PN (um campo elétrico). Quando a célula fotovoltaica absorve os fótons ao ser submetida à irradiação solar, são criados desequilíbrios entre as cargas das duas camadas. Segue-se então um movimento importante de cargas sistemáticas para reequilibrar os níveis (os elétrons e as lacunas são obrigados a se mover e, portanto, a circular). É desse fenômeno que vem a corrente elétrica.

telha solar

Como são feitos os painéis solares fotovoltaicos?

La fabricação de painéis solares fotovoltaicos envolve várias etapas e operações necessárias.

  • A criação de módulos

O processo de criação começa com a fabricação de silício solar ou silício metalúrgico. Este último é formado por reação química a partir de uma mistura composta por pedaços de sílica e madeira. Os cristais obtidos são então queimados a uma temperatura muito alta (cerca de 1°C) para criar lingotes de silício. Depois de resfriadas, as peças são cortadas em fatias (wafers) para obter a forma desejada (monocristalina ou policristalina).

  • Tratamento anti-reflexo

O tratamento antirreflexo é necessário para que os lingotes ou pastilhas de silício não reflitam a luz. Ao final desse processo, a superfície das folhas deixa de ser lisa e sua textura é completamente transformada. Ela agora é capaz de absorver uma quantidade significativa de luz.

  • Dopagem de camada
Leia também:  ONU: obter o direito à autonomia energética na DUDH

Para dopar as camadas de silício (adicionar + ou - cargas), fósforo ou boro é depositado em temperatura muito alta na face frontal do módulo. Obtemos então células com camadas dopadas que, uma vez submetidas à irradiação solar, produzirão eletricidade.

  • Instalação do circuito elétrico

Esta etapa consiste em imprimir um circuito elétrico na superfície dos módulos para que a corrente produzida e coletada graças ao efeito fotovoltaico possa ser transferida.

  • A associação das células e a montagem final do painel

Para formar uma estrutura funcional e sólida, as células fotovoltaicas devem primeiro ser conectadas umas às outras (cerca de 48 a 72 células por painel). Eles terão então que ser soldados e então encapsulados sob uma placa de vidro temperado. A montagem se completa com a instalação de um suporte de alumínio que irá enquadrar o conjunto para formar um painel fotovoltaico.

Ao montar o equipamento, será necessária uma caixa de junção colocada atrás da placa para conectar todo o dispositivo gerador de corrente ao inversor. Este último será usado para converter a corrente contínua produzida em corrente alternada.

Como instalar um painel solar fotovoltaico?

O instalação de painéis fotovoltaicos, especialmente se for realizado em uma superfície bastante grande, requer conhecimento técnico específico, bem como um certo número de ferramentas e acessórios. Portanto, é sempre altamente recomendável recorrer a técnicos competentes e bem equipados para a instalação dos elementos. Em geral, a instalação dos dispositivos deve ocorrer da seguinte forma:

  • Verificação e preparação de área de instalação
  • La define abreviações (inferior e lateral)
  • O estabelecimento de tela sob o teto (sistema de vedação)
  • La colocação de trilhos e painéis solares
  • Le conectando os painéis ao inversor
  • Le conectar o inversor à rede elétrica ou a um sistema de armazenamento (baterias solares)
Leia também:  Download: vento Elena faired dupla hélice

Painéis fotovoltaicos: as vantagens de mudar para a energia solar

Se mudar para a energia solar parece um passo lógico em um contexto em que a transição energética e ecológica está em pleno andamento, essa escolha realmente tem muitas vantagens. Ao optar por usar painéis solares fotovoltaicos, as famílias se beneficiam de:

  • Uma fonte de energia renovável limpa, inesgotável e totalmente gratuita

O uso de painéis solares dá acesso a eletricidade 100% verde e gratuita. Além disso, como mais de 85% dos elementos dos painéis solares são recicláveis ​​e porque o equipamento tem uma vida útil bastante longa (40 a 50 anos), é uma solução perfeitamente ecológica e sustentável.

  • Economias de energia significativas e várias ajudas financeiras disponíveis

O autoconsumo permite que uma família economize até 40% em suas contas de energia. Além disso, a instalação de painéis fotovoltaicos também é elegível para vários auxílios financeiros: bônus de autoconsumo, MaPrimeRénov 'solar, IVA reduzido para 5,5%, auxílios locais e regionais, etc.

  • Valor agregado imobiliário

Uma pergunta ? Deite lá no forum solar PV

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *