Ataque ao Irã faria com que os preços do petróleo disparassem

MOSCOU, 4 de abril - RIA Novosti. Uma tentativa de resolver o problema iraniano pela força teria o efeito imediato de disparar os preços do petróleo para pelo menos US $ 150 o barril, prevêem alguns especialistas citados pelo jornal Moskovsky Komsomolets.

Radjab Safarov, Diretor-Geral do Centro de Estudos Modernos do Irã: a crise em torno do programa nuclear do Irã é fabricada, infundada e politizada ao máximo. Os americanos sabem muito bem que o Irã não possui armas nucleares. Eles simplesmente querem desmascarar o regime que resiste às pressões e tem o potencial de minar a hegemonia econômica dos Estados Unidos.

O Irã tem à sua disposição vários cenários de resposta à agressão externa. Quando os primeiros mísseis caíssem em seu território, o Irã destruiria toda a infraestrutura de petróleo e gás dos países do Próximo e Oriente Médio e bloquearia o estreito de Ormuz. E se um único míssil disparado por Israel atingisse o território iraniano, o Irã lançaria todas as forças contra aquele país. É óbvio que os preços do petróleo sofreriam um aumento vertiginoso. 150 dólares o barril é a previsão mais otimista.

Leia também:  Hoje à noite em Arte: Chernobyl, 20 anos depois

Leia mais

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *