Washington reconhece que os gases de efeito estufa são responsáveis ​​pelo aquecimento global.

O relatório apresentado ao Congresso por James Mahoney, subsecretário de Estado para Pesquisa do Clima, admite que os gases de efeito estufa são a principal causa do aquecimento global. No entanto, esse fato foi até agora negado pelo governo Bush.

Na verdade, GW Bush sempre se recusou a ratificar o protocolo de Kyoto (assinado pelo governo Clinton). Em março de 2001, declarou: “Não creio que o Estado deva exigir que as usinas reduzam suas emissões de dióxido de carbono, porque esse gás não é um“ poluente ”segundo a lei do ar puro. “E“ Oponho-me ao Protocolo de Kyoto […] porque prejudicaria gravemente a economia dos Estados Unidos. " Ele então descartou o problema sob o pretexto da origem burocrática dos documentos que demonstravam a origem humana do aquecimento global. Nisto ele satisfez as demandas dos lobbies de energia que financiaram amplamente sua campanha.

Leia também:  Carros elétricos e lobby: análises da falha do GM EV1, quem matou o carro elétrico

Mas essa atitude contrária ao bom senso, aos poucos, levantou a voz de alguns de seus colaboradores e industriais de que seu plano de “visão climática” não conseguira silenciar. Finalmente, com o relatório Mahoney, assinado pelos Secretários de Estado da Energia e do Comércio, é a sua própria administração que o contradiz oficialmente. Será difícil para ele ignorar.

Para mais informações: leia o arquivo em Radio-canada.ca

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *