Energias Renováveis: os objectivos europeus estão longe

 O quarto barômetro europeu de energias renováveis ​​acaba de ser publicado pelo Eurobserv'ER. Em 2003, as energias renováveis ​​representavam 5,48% do consumo de energia primária dos Quinze. Uma taxa estável por três anos. Conclusão: a meta europeia de 12% em 2010 não será alcançada. As políticas implementadas ou anunciadas não devem exceder 10%. Não podemos estar muito mais otimistas quanto ao outro objetivo, que diz respeito à participação das energias renováveis ​​no consumo de eletricidade (21% em 2010). De fato, essa taxa alcançou 14,88% em 2003, um aumento de 0,5 pontos em um ano climático muito desfavorável às energias renováveis. A hidráulica parou e são as energias eólica, biogás e madeira que permitiram esse crescimento.
Para energia eólica instalada, a Alemanha continua muito à frente, com 14.609 MW; A França ocupa a 11ª posição, com 253 MW. O mesmo domínio alemão no setor solar (a França ocupa a 5ª posição em energia fotovoltaica e a 4ª em térmica).
Para baixar o barômetro no site da Oberv'ER (formato PDF, 528 KB), cliquer ici (é necessário registro gratuito).

Leia também:  Energia hidrelétrica subutilizada nos Estados Unidos

 Antoine Blouet http://www.enviro2b.com/actualites/energie~1090.htm

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *