Injeção de água no Opel Corsa 1000

Oi tudo,
Estou ocupado pantonizando minha corsa 1000.
O reator é montado no coletor e no escapamento.
O trilho de injeção secundário está concluído.
Acabou-se a parte antes da válvula borboleta que permite que a mistura seja sugada do reator.

Ainda falta fazer:

A caixa eletrônica para enriquecer ou esgotar a mistura.
O borbulhador de água em aço inoxidável.
entrada de gás de exaustão.
conecte a tubulação do conjunto.
coloque válvulas para variar os testes.
Corrija tudo.

Em resumo:
1) Um borbulhador para água com duas entradas ajustáveis ​​(ar / gás de exaustão)
o vapor de água é enviado para:
2) um trilho de injeção secundária com 4 injetores de gasolina.
a ideia é mandar óleo combustível ou querosene e talvez óleo de girassol ...
o controle eletrônico é utilizado na caixa original com uma segunda caixa em série possibilitando alongar ou encurtar os pulsos de controle dos injetores.
dessa rampa sai o óleo combustível vaporizado misturado ao vapor d'água e o todo é enviado ao reator.
todos os parâmetros são ajustáveis.
3) o reator que passa na exaustão e sai pelo coletor.
O coletor e o escapamento originais foram removidos e uma parte da casa os substitui.
4) A peça original acima da válvula borboleta é de plástico e foi substituída por uma peça de metal feita em casa.
Através desta parte entra o gás de saída do reator.

Leia também:  R21 água Video on TF1

O sistema de injeção original é mantido e está sempre operacional ao apertar um botão no compartimento do passageiro.

Isso é basicamente.

A seguir: encaixe de injeção de água no Opel Corsa 1000

Clique aqui para acessar todas as montagens Pantone

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *