Recursos liberados para estimular a energia das marés

Rede de Notícias do Governo, press release,

Mike O'Brien, Ministro da Energia, anunciou a atribuição pelo Departamento de Comércio e Indústria (DTI) de 3,85 milhões de libras (cerca de 5,5 milhões de euros) a um projecto apresentado por "Marine Current Turbines Ltd" (MCTL, Bristol) para o desenvolvimento e validação de um dispositivo para recuperar energia das marés. Este projeto, liderado pela Sea Generation Ldt, subsidiária da MCTL, permitirá o desenvolvimento de um protótipo de turbinas de corrente marítima de 1 MW e equipadas com dois rotores gêmeos. A mesma empresa instalou em junho de 2003 o primeiro projeto de grande escala do mundo usando a energia das correntes oceânicas perto de Lynmouth, North Devon. Esta unidade de 300 kW chamada "Seaflow" está em operação há quase dois anos e foi desenvolvida em parceria com o DTI e a União Europeia.
De acordo com Mike O'Brien, o Reino Unido não é apenas o líder em energia marinha, mas também o lugar mais adequado para localizar e desenvolver essas tecnologias. O apoio governamental implementado visa garantir a manutenção desta posição estratégica ao mesmo tempo que incentiva a energia limpa e sustentável. Martin Wright, Diretor do MCTL disse estar muito feliz com os fundos concedidos, pois o projeto está em um estágio crítico de pré-comercialização e esta iniciativa envia uma mensagem positiva.
para empreendedores.

Leia também:  Transição energética: Portugal abasteceu por 4 dias inteiramente com eletricidade renovável!

Fontes: http://www.gnn.gov.uk

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *