Gravitação: universos, energia do futuro

por Claude Poher, Editions du Rocher - outubro de 2003 - páginas 308 - ISBN: 2-268-04789-X, Brochura - Preto e branco

Universons

O autor demonstra que as jornadas interestelares da humanidade são possíveis e explica por que elas são. Este livro é o resultado de mais de duas décadas de pesquisa pessoal e coleta de pacientes de verificações experimentais
A primeira parte analisa as principais dificuldades a serem superadas para permitir que os humanos viajem entre as estrelas. A segunda parte apresenta uma nova teoria quântica da gravitação elaborada pelo autor com base em múltiplas observações. Esta nova teoria é confrontada com sucesso com vários resultados experimentais. É primeiro confirmado pela trajetória de todas as sondas interplanetárias distantes. Mas isso também é corroborado pela velocidade das estrelas nas galáxias. Essa teoria mostra, portanto, uma solução natural para viagens interestelares. A terceira parte propõe um novo meio de propulsão espacial interestelar. A análise comparativa das características desse tipo de propulsão com dados de inúmeras aparições de OVNIs em todo o mundo, por mais de meio século, é particularmente eloquente. Os conceitos desenvolvidos pelo autor, que nasceram de sua pesquisa oficial sobre o fenômeno OVNI, parecem trazer uma verdadeira revolução científica, técnica, industrial e social para a humanidade.

Leia também: Termodinâmica do engenheiro

excertos: "A teoria quântica da gravitação, explicada no livro, prova ter conseqüências potenciais de longo alcance para a humanidade. É uma característica "bem escondida", mas real da Natureza, que é assim destacada (...) De fato, essa previsão significa que a gravitação, que é a gravidade, é quantificado. E, se for quantificado, é porque existe, em todo o Universo, uma energia colossal da qual parece possível extrair aplicações grandiosas. "Onde quer que a aceleração gravitacional seja muito fraca, a importância das flutuações quânticas associadas ao fluxo cosmológico de Universons se torna preponderante. (...) "(...) existem muitas aplicações possíveis relacionadas à descoberta da quantificação da gravitação. É hora de falar sobre isso !!! "

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *