Download: Relatório Europa 2008 sobre energias renováveis ​​na UE

Estado das energias renováveis ​​na Europa, edição de 2008

Em 2008, a UE confirmou seu compromisso de reduzir as emissões de gases de efeito estufa em pelo menos 20% até 2020, limitar o consumo de energia em 20% através da melhoria da eficiência energética e aumentar a quota de fontes de energia renováveis ​​no consumo final de energia da UE para 20%.

Esses compromissos serão transpostos para a legislação, como a nova diretiva de energia renovável, que foi aceita em 2008. Em resposta à nova diretiva de energia renovável, uma das primeiras e mais importantes medidas em 2009 para os Estados membros será o desenvolvimento de seus "planos de ação para energias renováveis". Eles definirão o cenário para investidores, comunidades e indústrias locais e regionais, mostrando o caminho para a construção de novas infraestruturas energéticas e para a criação de novos empregos e novos negócios no setor energético, proporcionando uma grande oportunidade de lidar com a crise econômica.

Leia também: Baixar: Oprimido por carro? A solução!

Esta última publicação do EurObserv'ER, produzida com o apoio do programa Energia Inteligente - Europa (IEE), fornece uma referência confiável a especialistas e funcionários dos Estados-Membros responsáveis ​​pelo desenvolvimento de planos de ação para energias renováveis. Nos últimos anos, demonstrou que os seus dados estão bem correlacionados com as estatísticas oficiais publicadas pelo Eurostat, embora tenham sido fornecidos um ano antes deles. Também oferece observações interessantes feitas por profissionais do setor de energia, que influenciam tendências e quaisquer fatores determinantes associados.

O programa IEE apoia ações em toda a União para remover barreiras que inibem o crescimento dos mercados de energia renovável.

Ela tem um papel fundamental no apoio às equipes multinacionais de agentes do mercado (especialistas, ONGs, administrações públicas, investidores, indústrias e empresas), para alcançar os objetivos de 2020, para que possam se materializar no terreno.

Leia mais e debate: FER na Europa em 2008

Leia também: Download: Impacto do aquecimento global em solos e solos

Baixar o arquivo (a subscrição da newsletter pode ser exigido): Revisão da Europa 2008 sobre energias renováveis ​​na UE

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *