O Museu da Ciência em Londres quer explorar fezes visitantes

LONDRES (AFP),
o 15-07-2004

O Museu de Ciência de Londres pretende usar os excrementos de seus visitantes para produzir energia elétrica e, assim, reduzir sua conta de energia, anunciou seu diretor.

“Como o museu é gratuito, seria uma boa forma de os visitantes darem uma contribuição”, explicou John Tucker, diretor do museu. "Com três milhões de visitantes por ano, temos contas de luz significativas."

Estimativas, baseadas na cifra de 3 milhões de visitantes anuais, prevêem que a energia produzida seria de 1.530 quilowatts / hora, eletricidade suficiente para abastecer 15.000 lâmpadas a cada ano.

Essa ideia segue a descoberta nos Estados Unidos de uma forma de explorar a bactéria nos excrementos para fazer uma fonte de energia.

O desejo de reduzir os gastos com energia já está no centro das preocupações do Museu da Ciência, que instalou painéis solares em sua cobertura no ano passado.

Leia também:  Energia renovável: a trilha das ondas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *